Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.109.772 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Baloch e Dingli na final


Publicada em: 07/12/2014 07:26
por: Hélio da Rosa Machado


A tarde noite de ontem reservou emoções do começo ao fim para quem arriscou ir à Arena Sindijus, tendo em vista que ambos os jogos foram de tirar o fôlego da platéia presente.


Como já era de se esperar em um campeonato tão equilibrado, as equipes entraram em campo determinadas a empregar os seus esquemas táticos visando não só o ataque e o gol, mas também evitar que o adversário crescesse e causasse perigo na parte ofensiva.


Os técnicos de cada equipe procuraram alcançar o máximo de suas equipes, cada um empregando estratégias que visassem mantê-los na expectativa de chegar à grande final.


Foi assim no primeiro jogo. A nossa equipe Baloch entrou em campo com o regulamento debaixo do braço. Aliás, isso foi facilitado pelo atual estágio defensivo há muito perseguido em nosso esquema tático, mas que até três rodadas atrás não tinha sido efetivo. Entretanto alcançamos essa meta na fase mais importante do campeonato. Desde o início tínhamos o ataque mais eficiente mais um setor defensivo aos cacos.


Fomos perseguindo esse objetivo até que o alcançamos e passamos a ser uma equipe pronta para chegar à final. Já a equipe verdinha oliva, liderada pelo seu técnico Pastor nunca teve essa dificuldade porque sempre soube marcar e também tinha ataque eficiente tanto que foi a segunda melhor equipe nesse retrospecto. Sabíamos que teríamos dificuldade para chegar ao gol adversário. Eles, por seu lado, precisavam ir pro ataque, visto que o empate nos beneficiava.


Seria um duelo de gigantes. Essa expectativa se confirmou dentro de campo. O jogo foi equilibradíssimo. Acabou o primeiro tempo e o placar ainda estava em zero a zero.


Pois bem. Nossa conversa foi a seguinte: Vamos procurar apertar ainda mais na marcação porque eles vão ter que procurar o gol e aí poderá sobrar brecha em nosso contra ataques. Dito e feito. Mesmo com a perda de nosso valente mais técnico (o Flávio)  - em face de dois cartões amarelos - fizemos uma boa reposição e neutralizamos as melhores jogados verde-oliva. Entretanto na metade do segundo tempo tivemos um perigo em nossa área. A bola bateu no travessão voltou e o goleiro Carlinhos foi ‘cirúrgico’ ao deitar-se ao chão e dar um bica na bola que saiu da trajetória do chute de um atacante adversário. Daí pra frente foi nosso time que começou a acreditar na vitória já que a equipe Tornados se abriu em seu setor defensivo. Numa jogada isolada pela direita o Marcelo chutou forte no canto direito de Fábio. Logo depois o Jean da equipe Baloch cansou. Entre no seu lugar. Aí novo perigo pela direita. Fiquei em condições de chute, mas rolei a bola pro Marcelo que entrava sozinho e ele empurrou a bola para o gol. Placar de 2 X 0 em nosso favor.


No segundo jogo a expectativa também era grande. De um lado a evolução da equipe Dingli depois da entrada do meio de campo Léo. De outro o meio de campo e ataque fulminante da equipe laranja que, até então, era apontada como a favorita nesse jogo.


Começou a partida e o que se viu foi uma inversão dos papéis. Era a equipe vermelha quem atacava e causava perigo na área da equipe Ajman.  Há alguns minutos do primeiro tempo em uma bola parada o reforço vermelho cobrou a falta com perfeição e inaugurou o placar. A partir daí o jogo se equilibrou, até porque a equipe laranja sabia que o regulamento a beneficiava e bastava o empate para ser a finalista. Não demorou muito e veio esse empate. Com o placar de um a um a galera da arquibancada já fazia seus prognósticos. Vai dar laranja visto que a equipe vermelha tende a cair de produção no segundo tempo.


Ledo engano! Seus jogadores estavam aguerridos e em uma das melhores partidas do atacante Marcinho foi se desenhando a goleada, visto que a zaga adversária não conseguiu Pará-lo quando ele desembestava pela linha de fundo, ia até o limite do campo e passava a bola pra trás onde um companheiro concluía para o gol. Vi duas jogadas nesse  sentido. Uma repetição trágica para a equipe laranja. Creio que aí faltou atenção da zaga da equipe laranja. Com a saída de Enedino visivelmente nervoso (com dois cartões amarelos, um azul e outro vermelho) a equipe oriental se perdeu definitivamente. Aí foi levando os gols e não conseguia mais se recuperar já que seu meio de campo ficou muito cansado.


O jogo terminou com a equipe Dingli inteira. Já os laranjinhas na parte derradeira do segundo tempo já tinham ‘jogado a toalha’. Placar final: 5 X 2 para a finalista Dingli.


Sábado que vem a grande final. As duas equipes que chegaram merecem os parabéns. Classificaram-se com méritos e correndo atrás de uma boa performance dentro de campo.Foram mais eficientes e por isso estão na final.


As outras equipes que vão disputar o terceiro lugar também foram valentes e empregaram todos os meios para chegar à final, mas, infelizmente não era dia de seus melhores atletas que foram neutralizados pela marcação adversária.



Imagens

Baloch conseguiu se equilibrar defensivamente.

Dingli melhou o rendimento e chegou

O arco-íris veio para colorir a tarde

Dupla de arbitragem muito bem ontem

Homenagem e fé em favor de um lutador ( Flávio)

Marcinho atual artilheiro no meio dos derrotados

Esposas vieram prestigiar seus maridos

Súmula da rodada

Edson veio prestigiar o evento

Súmula da rodada.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)