Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.105.011 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

SEMIFINAL: PALMEIRAS, SÃO PAULO, SANTOS e GRÊMIO


Publicada em: 24/05/2015 08:57
por: Hélio da Rosa Machado

O Palmeiras com a classificação adiantada foi a equipe que entrou em campo com menos responsabilidade sobre o placar, embora dentro de campo tenha demonstrado que não estava ali para brincadeiras ou para relaxamento.

As demais equipes entraram em campo com alguma expectativa. No primeiro jogo o Flamengo com apenas 4 pontos teria de fazer uma partida que lhe garantisse a classificação, por isso a vitória era a única coisa que lhe interessava. O Grêmio em uma ascendente e depois de conquistar os primeiros três pontos na rodada da semana anterior teria de manter a boa performance. O Santos com situação mais favorável em face de ter conquistado 6 pontos no início da competição tinha ótimas chances de passar para a semifinal.

No primeiro jogo entre Flamengo e São Paulo - no pontapé inicial da rodada – via-se um rubro negro atormentado pela ausência de seus atletas de primeira linha. O goleiro atrasado e outros chegando em cima da hora.
Entretanto, mesmo com alguns deles chegando para o jogo a equipe entrou em campo sem o número ideal, já que tinha um jogador a menos. Isso foi fundamental para o crescimento do adversário que, na tentativa de se aproveitar da ausência do goleiro tentava a todo custo fazer o primeiro gol, mas esbarrava no afobamento. A equipe são paulina não conseguia converter em gols suas jogadas. O Flamengo foi guerreiro do início ao fim. Só depois de esgotadas suas energias e no segundo tempo que levou o gol que classificaria o São Paulo e lhe daria o passaporte de despedida. No final da partida o São Paulo errou vários arremate, mas conseguiu a sonhada classificação com esse placar mínimo.

No segundo jogo outra expectativa de maior grandeza, afinal eram os dois times que tinham amplas chances e só dependiam de si. O Grêmio era o time mais entusiasmado já que a derrota do Flamengo lhe dava a chance de depender apenas de si nesse jogo. Se ganhasse a partida estava garantindo a permanência no certame. E foi nesse clima de expectativas que o jogo se tornou bem competitivo e bem agradável de ser ver. O Corinthians, com o elenco completo, partia para cima do adversário, mas encontrava uma zaga bem postada em meio de campo bem competitivo. O grêmio, por sua vez, precisando da vitória construía contra ataques perigosos. O primeiro tempo acabou com as equipes empatadas e nesse instante era o Corinthians que, com apenas 5 pontos garantia sua classificação. Veio a etapa derradeira e tudo parecia que não ia sair o esperado gol. Mas Flávio estava iluminado e demonstrando bom preparo físico eram quem melhor concatenava as jogadas de meio campo. Um armador de bom potencial técnico. Foi ele quem escorou um bola e selou a classificação de seu time. O Corinthians teve de aventurar-se ainda mais no ataque aí sobrava mais espaço para o Grêmio contra atacar. O atacante esteve algumas vezes de frente para o gol adversário, mas já cansado, não conseguia converter essas jogadas em gol. O placar final de 1 X 0 para o grêmio lhe garantiu a vaga como 4º colocado nessa fase.

No terceiro jogo entre Santos x Palmeiras a partida se transformou em dois ingredientes de motivação. Para o Santos era importante a vitória porque aí chegaria em segundo lugar na competição e garantiria vantagem na semifinal. Para o Palmeiras a expectativa era de aproveitar a fragilidade da equipe santista das últimas rodadas para fazer artilheiro. Essa era a visão de seus jogadores. Só que a equipe da Vila Famosa fazendo novos experimentos em sua constituição tática acabou rendendo mais dentro de campo, rendendo mais no meio de campo e sendo mais efetiva na marcação de seu setor defensivo. Isso impedia que os bons atacantes do palmeiras concluíssem com eficiência para o gol. Entretanto, foi a equipe santista que abriu o placar. Esse placar só foi igualado na segunda etapa através de cobrança de penalidade pelo centroavante Fabão. O palmeiras virou o placar fazendo 2 x 1, mas a equipe do Santos rendia mais nos seus contra ataques e numa jogada pela direita este articulista concluiu para o gol. O arqueiro se enrolou com a bola que caiu nos pés de Jean Martinez que só escorou a bola para dentro. Estava selado o empate em 2 x 2. Daí para frente só deu Santos. O time de branco chegou várias vezes em condições de fazer o terceiro gol, mas chutava pra fora e desperdiçava essas jogadas ofensivas.

Enfim. Esse campeonato tem trazido emoções diferentes para o certame. Sucede que a idade mais avançada de seus atletas tem produzido desfalques nas equipes. Tanto é assim que a lista de espera está esgotada. As equipes que chegaram conseguiam driblar suas deficiências físicas e relacionadas com esses traumas de contusões. Entretanto, parece-me que as quatro classificadas terão de se virar dentro de campo, visto que todas apresentaram esgotamento físico e sofrerão baixas nessa parte tão importante da competição.



Comentários (1)

Enviado por: Alziro, em: 25/05/2015 10:39
O segundo e o terceiro jogo foram jogaços, lindos de ver. O primeiro jogo eu não assisti. A semi vai ser emocionante.

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)