Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.155.333 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

AS COISAS QUE SE VÃO!


Publicada em: 31/12/2015 08:55
por: Hélio da Rosa Machado

Hoje (31.12.2015) não significa apenas a despedida de mais um ano que passa em nossas vidas. Para os brasileiros trata-se de uma despedida melancólica de um ano que não deixa saudades. Muita coisa aconteceu no Brasil para que tenhamos essa sensação de tristeza. Não porque somos pessoas pessimistas, mas, porque sentimos na pele as coisas desmoronarem como se fossem areias sensíveis à umidade do tempo.

Entretanto, o que fica de bom é que também ficamos com a sensação de as coisas se encaminham para a cristalização das ações humanas. Havia e ainda há tanta sujeira armazenada nos arcabouços das administrações públicas que muitas delas, até então, eram inimagináveis aos olhos daqueles que não conseguem enxergar as sombras da hipocrisia.

Hoje, não! A situação das atitudes venais está com dias contados. Parece-nos que qualquer um que, por ventura, se ache na responsabilidade de responder pelo ente público está em corda bamba. De um lado, apreensivo no sentido de que as suas ‘maracutaias’ não venham à tona. De outro, policiando-se para que não cometa atos no futuro que possam trazer prejuízo à sua imagem de homem público.

Esse é o único quadro que nos parece alvissareiro, embora, as ações administrativas ainda estejam, em parte, contaminadas pelas impurezas do passado.

O que importa é que Deus sempre nos dá um novo dia. Ele também (na sua grandiosidade) nos oferece uma noite atrás da outra, para que durante esse período de descanso possamos pensar nas coisas erradas que foram feitas durante o tempo de atividade. E é aí, sob o travesseiro, que aqueles que ainda possuem um pouquinho do pudor acabam se questionando e entendendo que não vale a pena desviar-se das condutas humanas de princípios.

Oferece-nos também o renascer das esperanças e a possibilidade de fazermos tudo diferente, a cada trezentos e sessenta e cinco dias. Neste trigésimo quarto dia deste ano temos de comemorar. Evidente que não haverá júbilo na despedida. Mas, muita alegria no portal de 2016. Será uma comemoração um tanto quanto instável, porque não teremos nenhuma garantia de um porvir menos sofrível. Mas, de uma coisa estaremos seguros: Teremos mais um tempo considerável (durante o ano) para ajustarmos aquilo que nos cabe atender de forma pessoal. E aqueles que nos cercam também terão tempo suficiente para rever seus conceitos e aceitar que no mundo moderno não cabe mais esconder-se nas sombras em nome da própria estabilidade em detrimento dos outros. O mundo é globalizado e, como tal, devemos agir dando exemplos e criando oportunidades para que possamos estar em paz e com dignidade na sociedade onde vivemos.

Aliás, esse é o verdadeiro conceito apregoado por aquele que deu o maior exemplo ao mundo. JESUS sempre estará ao lado daqueles que querem o melhor para a NAÇÃO. Se os políticos ainda não entenderam esse recado, neste finzinho tênue de 2015, o nosso Criador está lhes dando um recado bem explícito: FAÇAM AS COISAS DE FORMA CORRETA; SEU PRÓXIMO PASSO PODE SER SEU FIM COMO POLÍTICO!



Imagens

Um ano melancólico que se vai...

Paciência é uma virtude que acalenta a alma.

O ano que se aproxima nos traz novas esperanças.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)