Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.087.852 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Delegacia de Campo Grande-MS sofre intervenção!


Publicada em: 18/07/2016 09:24
por: Hélio da Rosa Machado

 

Fomos surpreendidos neste sábado passado com a decisão do Conselho de Representantes da Direção Geral do SINDIJUS, de intervenção na administração da Delegacia Sindical de Campo Grande, por conta de sucessivos descontroles entre receita e despesas.

A atual Diretoria da Delegacia Sindical será afastada por um período de 120 dias, para que a Direção Geral avalie qual a vertente desses descontroles.

O objetivo de tal intervenção é de se fazer uma auditoria no sentido de se apurar qual a real situação dessa administração, em face à notória discrepância entre receita e despesa.

Evidente que neste momento não é hora se fazer julgamento, nem condenar, por antecipação, qualquer pessoa que seja. A Direção Geral, através dos seus membros fez uma análise preliminar de um fato e achou por bem interferir, visto que o histórico de gestões passadas dá conta de que tais precedentes podem desencadear em mal maior.

O fato é que a Direção Geral, no início, e com o intuito de alavancar a administração da Delegacia fez alguns adiantamentos de verbas à Diretoria de Campo Grande, na expectativa de que tal dinheiro cobrisse as despesas que até então eram originadas de gestão anterior. Entretanto, com o passar dos meses a dívida não diminuiu e vinha se repetindo, com novos pedidos de suplementação. Daí a necessidade de que interviesse para se aquilatar a possibilidade de reversão de tal quadro negativo, até porque já foi aprovada pelo Conselho de Representante a construção do Hotel de Trânsito em nossa sede social. Não poderia haver o início de tal obra sem que tais problemas fossem solucionados.

A pergunta que fica é: A chamada chácara do Sindijus vai parar em face de tal intervenção?

Para ter essa resposta fiz hoje um contato com o Presidente Fabiano Reis. Ele garantiu que as atividades da nossa sede social não vão parar. Elas só terão novo gerenciamento nesse período de intervenção. Esse gerenciamento fica por conta da Direção Geral.

Assim, o campeonato em andamento não deverá ter cancelamento, até porque é uma competição que se paga. Aliás, não só se paga como também rende algum dividendo.

Destarte, não creio que para o freqüentador de nossa sede social haja alguma interferência radical que pare suas atividades, até porque é um lugar de lazer do filiado e como tal deve ficar à sua disposição.



Imagens

Imitando novela da Globo: Tudo que acontece de ruim é pra melhorar.

Comentários (5)

Enviado por: TÔ PASMO, em: 18/07/2016 11:24
EU JÁ SABIA...ME TIRA O TUBO.

Enviado por: só não concordo, em: 20/07/2016 11:16
só não concordo quando diz que é um lugar de lazer dos filiados, se eles nem frequentam mais ali mais, são mínimo que frequentam, o resto todos são alienígenas.

Enviado por: Para o Não concordo, em: 20/07/2016 16:26
Se os filhos dos filiados não estão comparecendo, o problema é do filiado que não participa do lazer A chácara está aberta a todos os filiados e filhos deste. O que não podemos deixar é ver nosssa chácara se perder em dívidas em decorrência de má-gestão. Acho que a intervenção é a maneira mais do que certa para que possamos averiguar o que de fato aconteceu e acontece nas finanças, para que num futuro não vejamos a nossa sede ir à penhora.

Enviado por: opiniao, em: 21/07/2016 13:45
O sindjus está acabando aos poucos, ninguem mais tem vontade de participar de nada la, virou bagunça. Antes eram 8 times nos campeonatos, arquibancada sempre cheia, e um clima muito gostoso, hoje os funcionarios do forum, tribunal, e.t.c . nem frequentam mais, e não é atoa. Não é problema dos que eram socios e filiados não, é que virou bagunça a tempos mesmo.

Enviado por: para o Opinião, em: 23/07/2016 10:36
Realmente, concordo com vc, depois que cortaram a pelada nas quintas-feiras e ficaram marcando jogos, com meia duzia de sócios no time, os sócios viram que não estavam certos, criticaram, mais não foi ouvido pelos impositores, então foram desanimando ir lá para ver coisas erradas, quem é antigo sabe que nas quintas-feiras quando havia peladas, eram mais democráticos e eram frequentados pela maioria dos sócios e dependentes, hoje é ao contrário, se tiver meio time sócio e muito.

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)