Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.160.605 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

RODADA QUE DEU PTIBULL PEDINDO MÚSICA!


Publicada em: 21/04/2018 22:09
por: Hélio da Rosa Machado

Que campeonato diferente!

A Inglaterra, nesta rodada, mostrou que os ptibulls são importantíssimos em nossa competição de veteras. Geralmente os atletas Tulinha e Enedino são aqueles ‘carregadores de piano’ destinados a desarmar o adversário. Entretanto, contrariando essa tática ultrapassada, ambos os ptibulls em questão estão numa mesma equipe. Assim, com sobras na marcação um deles resolveu ser protagonista em outra função; a de fazer gols. E não é que o Enedino emplacou, pasmem!, 4 gols na equipe francesa.

Seria a chamada profecia do Torneio Início! Não! Isso é só crendice popular. Na verdade, a equipe da Inglaterra no jogo de hoje se agigantou dentro de campo. Depois falo como foi o jogo.

No primeiro jogo, a equipe da Rússia com uma derrota e com a folga na última rodada teria de vir para campo com todas as suas energias. Entretanto, esbarrou em um muro de concreto. A equipe Alemã é brava dentro de campo. Tem um elenco de categoria. Não é fácil de ser vencida. Não saiu vitoriosa por pouco. Abriu o placar com gol de Mário Márcio no primeiro tempo. O sistema de marcação da Rússia falhou e o atacante concluiu, sem marcação, abrindo o placar da tarde. No segundo tempo o selecionado Russo em desvantagem no placar recomeçou a partida com ímpeto de alcançar o empate. Dito e feito. Não demorou, depois de seguidas pressões na área adversária, pára o meia Fábio Ricardo desferir um certeiro chute que foi parar nas redes do bom goleiro Breno. Mas, depois de um jogada bem tramada pelo meia Mohamed pela direita de seu ataque. A bola foi alçada pra pequena área e Valdevino só desviou a bola que foi parar nos fundos das redes. Rússia foi pra cima. Precisava reverter esse placar. Em uma cobrança de escanteio por este articulista o centroavante Fábio Cortez recebeu uma pressão adversária na pequena área que o árbito considerou penalidade máxima. Matosinho bateu, Breno rebateu e Fábio concluiu para o gol. Final: 2 x 2.

No segundo jogo entre Argentina e Portugal, como já era esperado pela galera presente, um jogo bem disputado, sendo certo que a Argentina precisava mostrar mais do que já havia exibido em sua estréia. Entretanto, foi Portugal quem abriu o placar através de um chute belíssimo do meia Eduardo Ribeiro. A bola foi parar lá onde a coruja dorme. Ãngulo direito do goleiro Giuliano. Não obstante, Portugal não conseguiu evoluir para melhor sua performance dentro de campo. Ao contrário, era a Argentina quem articulava melhor seus contra ataques. Em uma jogada bem trabalhada pelo ataque argentino a bola foi para aos pés do seu meia Fabricio que em leve toque fez a bola entrar no canto direito do arqueiro português. Selado o placar: 1 x 1.

No terceiro jogo a grande surpresa da tarde-noite. Ninguém apostaria que a Inglaterra fosse tão insinuante e objetiva nas suas ofensivas. Detalhe: Os Morilhas (Emerson e Hederson) estavam em campo defendendo cores diferentes. Levaram a família pra ver o duelo épico nas quatro linhas. Deu Tulinha. Deu Enedino. Deu zebra! Não...Pura categoria. Vou elogiar bastante, porque a Inglaterra é meu próximo adversário. Vai que o Enedino aparece possuído outra vez! Voltando ao jogo: A Inglaterra não deu chance ao adversário. Como já foi enfatizado eles têm em seu elenco os dois pitbulls da marcação. Enquanto Tulinha isolava o Piron, o Enedino, livre e sem responsabilidade de marcação aventurava-se no ataque e não é que deu certo! Foi fazendo gols e a galera presente, depois de umas e outras biritas, perplexos com tal faceta, se perguntavam: Que jogo é esse? Enfim, se isso vai se repetir no futuro é coisa para videntes. O fato é que nesse dia de Tiradentes, quem pegou no alicate de extrair dentes foi o Enedino e, de modo irrepreensível arrancou 4 dentes do adversário.

A Rússia ainda continua na rabeirinha da classificação, entretanto, se não pegarmos o Enedino em dia de profunda afeição pelas Divindades do futebol, na próxima rodada, talvez possamos nos juntar à turma de cima.

Rodada pra lá de histórica. Aliás, a artilharia deste campeonato surpreende a todos, visto que não são os velhos artilheiros que se destacam, mas aqueles em quem o apostador jamais depositaria suas fichas.

Concluo com aquele velho e conhecido brocardo midiático global: Desta vez foi o atleta (ptibull)Enedino quem pediu música!



Imagens

Súmulaou8

Súmula

Súmula

Família Morilha. Desta vez deu Tulinha

Bom público

Selecionado Russo

Selecionado Portugues

Selecionado Argentino

Selecionado Inglês

Alemanha se organizando

Futuros atletas da arena Sindijus

Selecionado Francês

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)