Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.334.202 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Resenha dos amistosos de quinta-feira à noite...


Publicada em: 03/12/2010 12:24
por: Hélio da Rosa Machado

                 Todos devem estar entranhando sair matéria sobre o jogo de quinta-feira à noite, pois há um bom tempo não se fala nesses amistosos. Entretanto, quem for mais curioso, observará os últimos resultados e verá que existe uma razão muito simples para o articulista estar sem inspiração, ou seja, os inúmeros placares adversos. Ultimamente, os empates eram comemorados, pois, a vitória estava longe do nosso dicionário.

               Finalmente, depois de tanto tempo, chegamos a ela. Mas, não pense que foi um jogo fácil. A equipe adversária veio significativamente reforçada, com jogadores de bom nível e baixíssima idade. Correram como leopardos no primeiro tempo, deixando aturdidos os 'veinhos' que geralmente são escalados para essa primeira etapa.

                    Ocorre, que ontem, ocorreu um fenônemo que tenho enfatizado para nossa equipe, durante todo o ano. Nós temos um bom elenco. Só não temos um bom time quando a característica do conjunto não se completa. Somos uma equipe mista constituída de veteranos e alguns atletas mais novos; que não são muitos. Todos sabem jogar bola, mas, o que nos falta, em certo momento da partida, é o fôlego, pois boa parte da equipe só joga um dos tempos. Assim, o que nos torna uma equipe forte é o número de atletas presentes nesses jogos.

                 Diante dessa lógica, os últimos resultados negativos acabaram acontencendo, não porquê não temos uma boa equipe, mas, porque temos muitos jogadores que não estão comparecendo, por motivos justificados. Ontem, voltamos ao número ideal de atletas. O resultado demonstrou que somos fortes, quando isso acontece. Ou seja, os jovens adversários de ontem à noite, com número bem inferior, não aguentaram o ritmo, pois no segundo tempo nossa equipe se renovou em mais de 70% e por essa razão ganhamos o jogo.

                 Que isso sirva de exemplo, para que no ano que vem, voltemos a montar uma grande equipe, para corrermos atrás das vitórias, como foi a tônica da maior parte do ano de 2010.

                 Quando chega final de ano é de bom alvitre fazermos estas reflexões, posto que o futebol de hoje (para nós veteranos), não é mais como o de antes. Temos de aprender a lidar com essas diferenças de idades, ou melhor; os mais novos partilhando com os mais velhos no sentido de que a experiência de uns possa contribuir com a vitalidade de outros. Dentro desse perfil de solidariedade, temos certeza que ainda poderemos ter um time competitivo e  ao mesmo tempo receptivo, no que tange à união do grupo.

                  Como ainda não terminamos os nossos compromissos esportivos, fica para uma próxima oportunidade os cumprimentos de final de ano.

                  Por enquanto é só...



Imagens

Que a TAÇA continue sendo nossa inspiração...

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)