Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.294.340 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

TULINHA FESTEJA COM A 'BANCADA'


Publicada em: 04/02/2012 20:33
por: Hélio da Rosa Machado

O bairro Guanandi, na Rua Antônio Siufi, lá pelas cercanias do n. 479, esteve agitadíssimo no dia de ontem (3.1.12), visto que havia um vizinho que recebia homenagem através da visita de muitas pessoas vindas dos diversos quadrantes da Capital Morena.

Era o amigo Tulinha que, na data em questão, foi denominado “UM MINEIRINHO NHENDEVÁ” no discurso de improviso proferido por este articulista. O ponto alto da festa foi a homenagem feita ao Tulinha. Sua família se juntou naquele momento para ouvir as palavras deste articulista, que, como sempre, fez questão de ressaltar as qualidades do homenageado. O discurso tem o título acima citado, porque reúne as características singulares de Hederson Morilho, visto que ele representa a calma e a paciência do mineiro, mas, tem sangue genuinamente paraguaio. O texto será publicado neste site, oportunamente.

 

Depois de umas ‘barbeiragens’ de localização, cheguei ao local lá pelas 20 h. Encontrei o anfitrião empenhado em preparar sua residência da forma mais receptiva possível, para receber a galera que, dali algumas horas iria lotar sua área reservada ao lazer.

Como já havia sido noticiado na matéria “A Tenda do Tulinha”, sua residência havia sofrido acréscimo na sua área coberta, através da extensão de lonas que visavam evitar que o visitante corresse o risco de receber algumas gotículas enviadas por São Pedro.

Sob os céus de Campo Grande anunciavam-se as cores azul anil, mas sob a terra onde os homens perambulavam havia um calor sufocante, tanto que o dono da casa, quando ali cheguei, trajava apenas um calção de jogador como se estivesse na Arena do Sindijus. Não demorou em que a dona Patroa o intimasse para ir tomar banho e vestir algo compatível com a festança que, naquele instante, já tinha se tornado uma realidade, em face da minha presença, do Fabrício, do Laerte, do Mohamed e família, Marquinhos e noiva que ali já se encontravam para a grande noitada.

O mormaço só anunciava que dali a pouco as chuvas iam cair abundantes. Questão de meia hora depois o toró d’água se estendeu pelas lonas amarelas, que inspiravam os poetas a transformarem a música do Tucho, que conhecemos como mala amarela, para uma melodia mais próxima da nossa realidade, surgindo uma nova canção sob a denominação de lonas amarelas.

Aliás, já que estou falando de música, registre-se a presença ilustre dos amigos e artistas: Fabrício, Mauro gaiteiro e Vivaldo (violão). Foram esses velhos companheiros da Bancada que deram ponta pé inicial para a festança, através de seu repertório da música chamamezeira. Não bastasse esse contingente significativo, que sempre ilustrou esses momentos de alegria, ainda fomos brindados com a presença de dupla sertaneja de singular talento: os jovens FÁBIO SOUZA e GUSTAVO. Esses moços são dotados de expressiva harmonia de voz. Deus os presenteou com gargantas de ouro. Tocam e cantam em tonalidades altas.  A atuação deles, ontem, sugeriu a idéia de que estão acostumados a cantar em lugares bem freqüentados. Agradecemos ao Aldo da informática, conhecido entre nós por gerenciar o programa Pacijus, no Tribunal de Justiça. Foi ele quem apresentou essa dupla, com o fim de homenagear o Tulinha. Foram esses meninos de talento que deram show especial na noite de ontem, cujo repertório oscilou entre sertanejas de raiz e sertanejo universitário.

O fato é que o contingente de pessoas ultrapassou os outros eventos de mesma natureza. Isso reforça a idéia de que devemos incentivar esses encontros, para que nossos laços não fiquem restritos aos momentos de futebol, mas, que se estendam para as relações familiares de cada membro da Bancada.

Enfim, depois que o som eletrônico foi retirado, lá pelas três horas da manhã, era o momento de me retirar. Entretanto, os melhores seresteiros queriam ver o fundo do isopor de cerveja. Não é difícil imaginar quem foram eles. Fabrício assumiu o som acústico, o Edson o bar, o Flávio a recepção do canto do galo e, o Tulinha, como anfitrião, teve de se esforçar para agüentar o último gole desses incansáveis donos da noite.

Agradecimentos aos familiares do Tulinha que não mediram esforços para que tudo estivesse pronto para a festa. Elogios, à parte, ao magaiver do pedaço. Ele foi o principal responsável pela instalações das lonas e pelo preparo do assado. A Silvinha trabalhou bastante para deixar tudo pronto. Parabéns a todos.

O maior acervo fotográfico e de vídeos será registrado, oportunamente.



Imagens

Um time de salão da Bancada.

Dupla de respeito. Fábio Souza e Gustavo, sendo cumprimentada pelo gaiteiro Mauro.

As primeiras damas da bola.

Fabrício acompanhando os cantores. Casal. Mohamed e esposa.

Marquinho apresentando a noiva.

Laerte e esposa, dando o ar da graça. Com dores e tudo...

O Magaiver rodeado de fãs. Ele trabalhou mais que o Tulinha.

O patriarca da família Morilho.

O homenageado confabulando com o Valdir.

Vivaldo observando os jovens cantores.

Fabrício pegando uma folga no violão.

O baile correu solto.

Tulinha informou neste segunda que....Largou mão de ser cigano. Dá muito trabalho.

Nesse momento o Mauro (gaiteiro) só afinava a garganta.

Comentários (6)

Enviado por: Hélio , em: 04/02/2012 21:06
Tais fotos (desfocadas) foram tiradas na minha máquina. De duas uma: ESTOU PRECISANDO TROCAR DE MÁQUINA OU TROCAR DE FOTÓGRAFO. Como foi extraídos muitos registros (em outras máquinas), prometo arrecadar esse material e publicar na seção especial de FOTOS e VÍDEOS o acervo de melhor qualidade.

Enviado por: José Robson, em: 05/02/2012 10:02
As fotos até que estão boas: nós é que estamos meio embaçados...

Enviado por: Mohamed, em: 05/02/2012 15:03
Parabéns Tulinha e Silvinha!!!Estava tudo maravilhoso.Muito obrigado pela recepção!!

Enviado por: Emerson S. Morilha , em: 05/02/2012 16:20
Muito obrigado a família bancada da bola, antes chamada somente de bancada da bola, hoje com a participação de todos chamamos carinhosamente de um grupo formado por amantes do futebol e que hoje conseguiram colocar dentro de um ambiente futebolístico com a participação das esposas e os filhos. Parabéns FAMÍLIA BANCADA DA BOLA, parabéns TULINHA, SILVIA e família; parabéns a todos que participaram, mesmo aqueles que não estiveram e que fazem parte desta família chamada carinhosamente FAMÍLIA BACADA DA BOLA !!!. Que o GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO ILUMINE A TODOS E GUARDE .'.

Enviado por: k10, em: 05/02/2012 19:17
Obrigado e parabéns Tutilnha, foi uma noite muito agradável, juntos dos amigos da bancada, pena que a minha Dudinha estava com sono e "TULIU" e tivemos que ir embora mais cedo, mas estava muito bom. Foi bom rever os amigos, Sabirila tava todo reformado, tirou o cabelo cinza fosco e colocou um preto metálico, lampinou o nariz e o melhor; tá andando com mulher, eu sempre falei: Calma Marquinho, o seu dia vai chegar. O Fabão dançando rsrsrsrsrsr, foi tanto milagre, pra tudo ficar completo faltou alguem levar uma caixinha, mas aí já é pedir demais.

Enviado por: Hélio , em: 06/02/2012 20:41
Troquei as fotos...A qualidade das fotos tiradas na máquina do Mauro (gaiteiro) me levaram a excluir aquelas imagens desfocadas...Tiradas por um fotógrafo pra lá de Bagdá.

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)