Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.293.938 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

FALANDO VERDADES.


Publicada em: 24/02/2012 15:38
por: Hélio da Rosa Machado

Quando estamos em nosso direito não podemos limitar nossas palavras, calando-se frente ás injustiças. Devemos revelá-las, para que todos saibam de nossas aflições, especialmente quando elas atingem um contingente considerável de pessoas.

Ontem publiquei matéria com o título COTEJANDO, com o intuito de fazer comparação entre este site e aquele oficial do SINDIJUS, demonstrando que este “dá de goleada” naquele.

Pois é. Ali não podem figurar nossas matérias sociais e nem esportivas, porque seus dirigentes fizeram a opção de divulgar somente os trabalhos sindicais.

Até aí tudo bem! Uma questão de opção, diriam eles.

Sucede que no site do SINDIJUS tem tudo sobre questões trabalhistas, desde que sejam de interesses estranhos ao quadro de servidores do Poder Judiciário ou de aquiescência dos seus diretores, desde que não exponham suas ações mal sucedidas.  Explico: Todos sabem que no ano de 2010 tivemos problemas com a nossa ATS controversa (aquela com os cálculos de um perito particular). Assim, sob protestos de alguns filiados, o SINDIJUS conseguiu contratar um escritório em Brasília (Sepulveda Pertence) pagando valor altíssimo. Bagatela de meio milhão de reais.

Essa questão foi julgada em 24 de agosto de 2010, onde o sindicato ganhou o Recurso Especial, por maioria.

Até aí tudo bem. Aplausos para os Diretores do Sindijus, já que mesmo pagando importância bem onerosa, o resultado judicial foi favorável à nossa causa.

O que causa espanto e perplexidade é que o vem acontecendo a partir de então.

Os próprios Diretores do SINDIJUS em Assembléia Geral realizada no Tribunal de Justiça no mês de dezembro do ano passado, admitiram que o atraso se deve ao fato de o escritório SEPULVEDA PERTENCE ter oposto EMBARGOS DE DECLARAÇÃO visando alcançar reajuste de honorários (ônus da sucumbência).

Pasmem senhores! Não obstante termos pago quantia exorbitante para o advogado da causa e depois de nosso direito estar garantido, o próprio profissional embargou a causa, em nome próprio, mas, em prejuízo de mais de 1.500 servidores beneficiados na ação.

Sabedor de tal situação e interessado no desenrolar desse processo procurei os dirigentes do SINDIJUS que prometeram verificar as razões de tal demora, visto que o processo digitalizado foi entregue ao escritório de advocacia em questão em 09/3/2010 e até este momento não se sabe ao certo qual a razão para tanto atraso. Ou seja, o processo está estagnado desde 24.8.2010 a 24.2.2012. Daqui 6 meses fará o segundo aniversário.

Pelo que se sabe alguns Diretores do Sindijus estiveram em Brasília recentemente. Tais dirigentes afirmaram que iriam verificar as causas desse entrave.

Como essa visita a Brasília já ocorreu há uma semana tenho feito consultas no site oficial do SINDIJUS para verificar a existência de algum boletim com informações sobre o resultado dessa viagem. Mas até este instante (24.2.2012, às 15:40 hs) NADA foi esclarecido.

Que conclusão se pode chegar? Respondo: - Que o site do SINDIJUS só serve para o sindicalizado mais afoito reclamar de suas pendências pessoais, sem que nada seja feito em seu favor. Assim foi quando precisamos reivindicar um espaço para a área social e esportiva. Assim será para todos aqueles que postam comentários reclamando das diversas situações funcionais, mas que ficarão à espera de uma resposta que nunca virá. Até quando?

 



Imagens

Discurso é uma coisa; ação é outra.

Comentários (5)

Enviado por: Servidor, em: 26/02/2012 10:44
Segue algumas definições de Sindicato (retirado de dicionários).

Agrupamento de uma classe para defesa dos seus interesses econômicos e sociais.
Associação de indivíduos da mesma classe ou profissão, para a defesa de interesses classistas, profissionais ou econômicos.

Quando teremos um Sindicato ?

Enviado por: Paulo Brum, em: 27/02/2012 11:43
Solidarizo-me ao Hélio Machado nesse brilhante comentário. A decepção dele sobre o resgate de nossos direitos já reconhecidos em julgamentos já realizados é a mesma de grande parte dos sindicalizados do judiciário de MS. É o cúmulo da ironia trabalharmos em "órgão do judiciário" e não termos JUSTIÇA!!!!

Enviado por: Servidor 2, em: 27/02/2012 13:12
Muito bem exposto pelo Hélio. Inclusive, o nosso sindicato faz questão de trabalhar somente em benefício próprio. Como exemplo é a contribuição sindical que deixa o servidor, com seus parcos rendimentos, em situação preocupante.

Enviado por: eu, euzonho, em: 27/02/2012 22:24
O fato concreto é que aquele fórum do sindijus só serve, como o hélio disse para que os servidores reclamem. Ao que parece o sindicato não tem nem mesmo assessoria de imprensa ou Diretoria de divulgação, pois praticamente todas as manifestações ficam sem respostas. Enfim, até quando vai essa pendenga??? em 2012 teremos eleições sindicais e ai quem sabe poderemos responder!

Enviado por: Hélio - Autor da matéria., em: 28/02/2012 17:50
Saiu, hoje, no site do SINDIJUS, uma notinha curtíssima sobre a ATS (controversa em Brasilia), onde nada se esclarece a não ser a indicação (nas entrelinhas) que 'os embargos de gaveta vão continuar'. Informa-se ali que o Estado deverá entrar com outra medida judicial (embargos de divergência). A pergunta é: - Como é que o advogado do sindicato sabe sobre as intenções da parte adversa? ESSA ENROLAÇÃO DOS CAUSÍDICOS QUE DEFENDEM O SINDICATO DEMOSNTRA QUE ESTÁ HAVENDO ALGO OBSCURO CONTRA TODOS NÓS QUE TEMOS INTERESSE NESSA AÇÃO. Ao que parece a direção do SINDIJUS está sendo conivente com essa inércia dos advogados, que deveriam defender nossos interesses. JÁ PAGAMOS. É HORA DE DESTITUIR ESSES PROFISSIONAIS QUE NÃO ESTÃO HONRANDO O CONTRATO QUE ASSINARAM...

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)