Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.301.239 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Nem derrota, nem vitória.


Publicada em: 30/03/2012 12:43
por: Hélio da Rosa Machado

                  Nosso time continua naquela época em que as coisas não se encaixam dentro de campo.

                  Isso não quer dizer que não estamos jogando nada. Na noite de ontem, por exemplo, o empate por 2 X 2 aconteceu mais pela boa qualidade da equipe adversária, do que propriamente pela nossa má atuação.

                  O amistoso de ontem, contra a boa equipe da ADC Moreninhas, foi um bom teste para nosso técnico, visto que este teve de alternar veteranos com novatos, cuja mistura, mostrou mais eficiência do que em outros jogos, já que os atletas mais novos estavam afim de jogo e correram mais do que em outras oportunidades. Exemplo disso foi a atuação do meia Diogo que, ao contrário de outras partidas, ajudou na marcação.

                  O que precisa ser melhorado, sob o ponto de vísta técnico, são os passes, já que em algumas jogadas que podem ser decisivas, na hora em que a bola deve chegar com rapidez para o ataque, o executor da jogada acaba efetuando um passe errado e a bola vai parar nos pés do adversário. Assim, além do lance não produzir efeito positivo para nosso time, a bola muda de comando e facilita as coisas para os visitantes.

                   Outro fato negativo que tenho observado em nosso time, é a nossa leniência de ataque, já que os meias não avançam quando o adversário sai com a bola do seu campo. Várias vezes o técnico PC tem pedido para que esse jogadores avancem e marquem o adversário em seu campo, mas, isso acaba não acontecendo.

                    Outra coisa que tenho observado e que há necessidade de melhora, é o recuo da bola em direção à nossa zaga. Os meias, em várias ocasiões, preferem recuar a bola para alguém que está sob nossa linha de defesa, do que fazer um passe longo, ou um passe médio, visando alcançar alguém que esteja no ataque. Tanto o Valdir, como o Leco, como Fabão, ou como este articulista, estão sempre procurando se deslocar para receber a bola, mas gastam energia desnecessária porque a bola não vem.  A meu ver, é preferível que nossos meias arrisquem as jogadas no ataque, porque, na pior das hipóteses, a retormada do jogo para o adversário recomeça numa área do campo que não vai representar perigo para nosso time. Temos levado alguns gols que não ocorreriam, caso essas jogadas não fossem realizadas nesse estilo,   visto que ao se alçar a bola com o objetivo de ataque, a dimensão do estrago pode ser menor.             

                 Enfim, sou apenas o cronista e um atacante em fins de carreira, por isso não quero que minhas considerações sejam vistas como senso negativo. Ao contrário, quero apenas ilustrar meu ponto de vista, para que as considerações teóricas possam ajudar no que for possível.

                  Entretanto, continuo com o ponto de vista de que os amistosos de quinta-feira não podem ser vistos como um jogo de grandes responsabilidades. Temos de reconhecer que o momento não é bom para nosso time. Por isso, sugiro que todos joguem descontraídos e que não exijam muito de si, afinal, mais vale um grupo unido de que um time cheio de craques, mas, que o indivíduo não dê um mínimo de atenção para o conjunto.      

                  O ponto alto do encontro de ontem, foi o acontecimento após o jogo. Depois que a "Bancada da Bola" se instalou no salão nobre do clube, veio convite por parte do mestre cuca da ESPROVAL. O Jaimão -Carrin de Suco - chamou nossos atletas para se instalarem no Quioscão central visando compartilhar o quitute da noite. Tratava-se de excelente caldo quente, que chamamos de puchero. Teve gente que serviu umas quatro vezes a tijelinha. Não é Marcão?

                    A dupla de artista da ESPROVAL (Guima - Ex-Aladim e DJ Correria) brindaram os presentes com os acórdões de seus violões. Enquanto o Guima exibia seu vasto repertório de MPB, o DJ Correria cantava as músicas 'das luzes vermelhas'.

                    O Guima saiu cedo. Não dá pra beber água e refri, enquanto a galera entorna tantas 'biritas'! O jeito é arredar o pé.

                    Já o DJ Correria, enquanto tem gente que lhe acompanhe, ele vai esticando as horas e rompendo a madrugada com suas sertanejas de raíz. Acho que teve um grupinho que esperou pra ver o galo cantar.

 



Imagens

Unidos venceremos.

Comentários (6)

Enviado por: Torcedor, em: 30/03/2012 14:01
os amistosos, tinha que acabar e virar pelada nos dias de quinta feira, pois uma meia duzia de filiados, alias, se um filiado for pé duro, não joga e nem é chamado para o proximo jogo. Fica a dica, e gente,por favor toquem a bola para o Helinho.

Enviado por: Hélio , em: 30/03/2012 15:23
A turma da "Bancada da Bola", na noite de ontem, levando em consideração que na semana que vem nosso jogo esta marcado para a quarta-feira, em razão do feriadão, deliberou que: a) em face de podermos esticar as horas em razão do feriado na quinta, vamos acompanhar o ritmo da ESPROVAL, providenciando um quitute; e b) reunir a Turma do Barulho para a moagem musical. Portanto, pedimos aos atletas que estejam preparados, porque nesse dia haverá uma contribuição, além da fichinhas de loisa geladas, já que a adição do quituto implicará gastos.

Enviado por: Juca, em: 30/03/2012 16:08
Esse "Torcedor" deve ser aquele ex-filiado que enche o saco toda vez que o time das Moreninhas (excelente time por sinal) joga no Sindijus. Destruir sempre foi mais facil que construir.

Enviado por: GOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL, em: 30/03/2012 18:02
"torcedor" q bom q vc é "torcedor" pq o tanto q reclama pensa se fosse jogador kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Enviado por: Alberto Torres, em: 01/04/2012 18:42
Para quem se identificou como “JUCA”: Não sei se foi uma indireta pra mim, mas infelizmente achei que sim . Se foi, já vou dizendo que não sou nenhum “Torcedor”. A única vez que fiz uma crítica e comentei neste site, coloquei meu nome, como agora estou fazendo. Não tenho nada a temer de ninguém. Se tiver que fazer uma crítica, farei sem me esconder em codinomes. Achei isso muito baixo e de uma covardia tamanha. Tb não sei quem é o tal “torcedor”, mas acredito que deve ser “mais”um filiado insatisfeito , que não mostra a cara. Medo do quê ? De quem? Critique sim, dê opinião, isto faz parte da democracia, como poucos fazem neste site, se identificando. Realmente, não sou mais filiado, porque entendo que algumas coisas ainda devam mudar. Agora não estou mais para críticas, porque não sou mais sindicalizado do SINDIJUS. Finalizando: o jogo de quinta feira foi muito bom para o nosso time (ADC, meus “amigos” das Moreninhas), como para o time da Bancada da Bola, conforme comentou o Hélio Machado, mesclando seu time com veteranos e novatos. OBS: tb não foi o Hermes, ex-filiado. Os únicos ex-filiados que jogam no ADC das Moreninhas

Enviado por: Hélio, em: 02/04/2012 12:40
INFORMAÇÃO: Com relação ao nosso encontro da próxima quarta-feira, informo que haverá presença de dois músicos profissionais - Augusto (violão) e Célio (sanforna), que irão contribuir com a moagem musical

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)