Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.293.916 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Pai desbancando o técnico.


Publicada em: 25/05/2012 22:11
por: Hélio da Rosa Machado

Às vezes a gente se pergunta: Por que será que nosso campeonato faz tanto sucesso? O que será que atrai as pessoas, para que nos sábados à tarde deixem qualquer programa, para ir ao Sindijus apreciar nossas rodadas? Evidente que não é o nível da competição, até porque nossos atletas são amadores e não têm compromisso com a competição, a não ser partilhar momentos de descontração e de alegria, através de disputa acirrada, onde mais vale o empenho e a garra do que propriamente a categoria!

O fato é que nossas arquibancadas sempre estão cheias. Costumo fazer uma brincadeira, cotejando nosso campeonato com o de atletas profissionais do Estado, conquanto, parece-nos que vai mais gente no Sindijus do que no campo das Moreninhas. As pessoas se encantam com a falta de compromisso, mas, sendo compromissados, afinal, os representantes das equipes são exigentes e cobram dos seus atletas um mínimo de empenho e de disciplina tática.

Assim, além do aspecto da partida em si, são os lances de cornetagem e de pura descontração que ocorrem dentro de campo e fora dele, que acabam tornando nossas tardes de sábado uma verdadeira terapia, visto que, além de estarmos curtindo uma competição, ali estamos para rir, para gritar, às vezes para xingar (o árbitro), mas, tudo, dentro de um clima de camaradagem e de respeito.

Sucede que no último sábado, observando tudo que ocorria nas quatro linhas e nas arquibancadas, presenciamos um lance inédito e digno de nota. O fato chamou tamanha atenção que alguns presentes não resistiram e tiraram fotos, pra que o lance ficasse registrado visualmente.

É comum os pais ficarem na arquibancada para torcer pelos seus filhos e até xingar ao treinador que não queira prestigiar seus rebentos. Menos comum é vermos um pai que, além de torcedor e de ser protecionista, encarna a figura do técnico. Esse pai ignora o esquema coletivo e a tática empregada pelo treinador da equipe, em favor da sua própria convicção.  Instrui, adverte, chama para uma conversa particular, exige posicionamento e disciplina, além, é claro, de tentar mostrar o caminho do gol.

Dizem os corneteiros de plantão, que o pai-técnico, daqui alguns dias, irá destituir o representante da equipe de seu filho, para assumir o comando do time. Dizem que ele vai montar um esquema tático, como aquele verificado nos times em que jogou o Romário, ou seja, os jogadores (coadjuvantes) vão “carregar o piano” para que seu filho execute as sintonias de beethoven.

Esse fato, por causar perplexidade, imita aquele lance de certo árbitro (Margarida) que veio apitar uma partida e, vendo que um jogador estava com o corpo estendido ao chão, numa atitude automática e espontânea, virou-se para a mesa e fez aquele gesto sugestivo, para que entrasse em campo a maca. Evidente que o mesário ficou apenas surpreso e não atendeu ao hilário apelo, visto que inexiste maca em nossa Arena Esportiva.

 

Evidente que tudo não passa de uma brincadeira. Os pais podem agir e tomar qualquer atitude com seus filhos, já que nosso campeonato é um ingrediente para que haja toda integração possível entre os pais e os filhos.  Esse gesto é digno de nota, porque chama atenção em face da dedicação e do empenho que esse pai demonstra com o desempenho do seu filho. Ele passa orientação e nada mais. Isso é papel de pai que ama e que preza pela boa educação do filho. Esses exemplos, longe de serem criticados, devem ser vistos como um elo de integração que só serve para agregar e nunca para separar.

O feio é ver pais incentivando seus filhos a brigarem e a darem ‘botinadas’ nos adversários. Quem educa e orienta merece nosso aplauso.



Imagens

O pai de camisa listrada ponderando com o filho, a melhor forma de jogo...

Comentários (2)

Enviado por: Carlos Alberto Parreira, em: 26/05/2012 20:41
Meu amigo Zagallo!!!

Enviado por: k10, em: 27/05/2012 08:22
Grande rodada, cada dia mais empolgante. Estamos no jogo...

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)