Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.107.102 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Ídolo de todos


Publicada em: 06/11/2012 11:59
por: Hélio da Rosa Machado

                  Para certos ídolos do futebol, não existe escudo...Neymar é um desses...Sua idolatria derruba a resistência que o torcedor tem contra adversários.

O povo brasileiro vive uma época em que o ídolo não é aquele que tem o mesmo endereço ou a mesma paixão. Deve-se idolatrar o benfeitor que produz as emoções.  A sociedade reverencia os feitos e as atitudes daqueles que convencem pelo talento e pela magnitude das proezas.

O nosso futebol tão acostumado com rigor tático, por vezes se encanta com a ginga e os dribles de improviso, quando surgem jogadas de puro talento.

O comentarista Casagrande, da emissora Global, tem exaltado o futebol de um ídolo santista, em face de ele devolver ao torcedor a magia e o romantismo do futebol de outrora quando o torcedor enxergava o ídolo muito além de seu escudo.

Os aplausos recebidos por Neymar ao jogar contra o Cruzeiro na casa do adversário justifica essa constatação desse profissional midiático. São poucos os jogadores brasileiros que sempre foram respeitados além dos escudos. 

O torcedor está cansado desse futebol previsível e aristocrático que se firmou na filosofia do resultado, já que nossos técnicos, com medo de perder o emprego enchem o meio de campo de volantes que ‘desarmam’, mas depois de ter a posse da bola, não sabem o que fazer com ela. 

Essa forma de jogar não corresponde com a espontaneidade de nosso futebol Tupiquinim que consagrou tantos craques como Pelé, Garriccha, Rivelino, Zico, Romário, Ronaldo etc. Por que então o torcedor já não aplaude mais como antigamente? A resposta é simples. Copiamos modelos que não são nossos.

A presença de Neymar dentro de campo e sua arte de improvisação, com dribles desconcertantes e com jogadas espontâneas é que extermina o esquema tático do adversário. Essa ginga brasileira é que tem contribuído para que esse novo ídolo Nacional surja para reerguer nosso jeitinho de jogar futebol. Trata-se de um resgate da velha obra brasileira. Por isso Neymar vem quebrando barreiras, a ponto de ser aplaudido pelo próprio adversário. É um reconhecimento do público pela reencarnação de nossa originalidade.

E ainda tem gente que faz severas críticas a esse ídolo. Quando fiz outra matéria enfatizando as proezas desse ídolo e a publiquei no meu site literário, logo apareceu um comentário desairoso com afirmativa de que o Neymar é mau caráter. A única justificativa para essa conclusão é o fato desse jogador cair muito. Entretanto, quem é observador tem visto que o atleta tem melhorado nesse aspecto. Alguns nem se importam com a sua versão de que cai como autodefesa.

Acho que a presença de Neymar em campo, para nós brasileiros, independente de esse craque ser jogador santista, é a esperança de que na próxima Copa do Mundo possamos rever atuações dignas de uma seleção brasileira, porque muitos de nós ainda sonhamos com o retorno da velha ginga brasileira; tão rara em nossa realidade atual. Aliás, as últimas atuações da seleção têm demonstrado que o excrete canarinho tem apresentado outros jogadores que desequilibram como é o caso de Oscar e de Lucas.

Assim, acho que quando o Mano Menezes abandonou os volantes meramente marcadores as bolas começaram a chegar no ataque. O Atual modelo da seleção brasileira muito me agrada. Espero que não seja apenas o Neymar a brilhar na próxima Copa do Mundo aqui no Brasil.



Imagens

A emoção do futebol nos pés de um ídolo

Comentários (1)

Enviado por: Alziro, em: 08/11/2012 10:42
Inspirado nesse ídolo brasileiro é que entrarei em campo no dia 24 próximo. rsrsrsrsrsrsrsrs

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)