Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.103.423 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Uma final de arrepiar...


Publicada em: 09/12/2012 10:59
por: Hélio da Rosa Machado

Para quem acompanha de perto nossos campeonatos e tem boa lembrança, haverá de constatar que a final deste último sábado, entre Flamengo e Vasco foi quase uma repetição de a final do vetera do ano passado, inclusive com os mesmos personagens. Quem não se lembra do jogo entre Ivinhema  e Naviraiense, quando o Reneu em uma cobrança de falta ocasionou a prorrogação?

Ontem parecia que o Vasco já se preparava para comemorar o título, quando o próprio Reneu em uma cobrança com a mesma distância daquele lance do ano passado, acabou por protagonizar mais um ato histórico em nossa Arena Esportiva, pois a bola, caprichosamente, foi parar no ângulo do goleiro Fábio ocasionando a prorrogação. A única diferença foi que o jogo do ano passado terminou na prorrogação. Neste ano os deuses do futebol quiseram dar mais emoções aos dois times e à galera presente, visto que seria através de os pênaltis que iríamos conhecer o grande vencedor da tarde.

No tempo regulamentar presenciamos uma partida histórica com muitos revezes que levaram a galera ao delírio. Sucede que o Vasco, no decorrer da partida foi dificultando as jogadas ofensivas construídas pelo Flamengo através de os atacantes Bacana e Antônio. Nesse contexto começaram aparecer dois expoentes do elenco vascaíno, já que tanto Tulinha como Haditi vinham demonstrando que seriam sérios candidatos a receberem o troféu de melhor em campo. Entretanto, depois de ser instalada a dúvida na cabeça de alguns representantes que assistiam à partida, o Tulinha foi quem selou a escolha de o melhor em campo através de um gol espetacular ao concluir uma jogada conhecida entre nós como ‘gol de bicicleta’.

O Flamengo correu para o prejuízo. O zagueiro Marcão abandonou a zaga e foi aventurar-se no ataque. Deu resultado, eis que através de uma bola alçada na área concluiu de esquerda e levou seu time a respirar mais aliviado. Mas o Vasco continuava causando perigo. Numa dessas jogadas o Cel. Rogério levou seu time a ficar na frente do placar. Foi depois de tudo isso que o Reneu fez a cobrança já referida e o Flamengo chegou ao empate que levou a partida para a prorrogação.

Nas cobranças de pênalti o Vasco foi infeliz visto que aquele jogador que havia sido o herói do tempo regulamentar foi quem desperdiçou uma das cobranças. O Tulinha não conseguiu converter o gol. O Flamengo também errou, mas no final, foi quem melhor concluiu as cobranças e através de o último chute feito por Omar a equipe rubro negra saiu para o abraço

Mais uma competição encerrada. Mais emoções para os nossos corações de veteranos. Mas, de uma coisa temos certeza. Foi um certame muito disputado e cheio de alternativas, já que os próprios times que disputaram o terceiro lugar também ofereceram ingredientes de adrenalina para a galera presente. Tanto Corinthians como o Palmeiras vieram numa ascendente. Fizeram, também, uma histórica preliminar do jogo de fundo. Esse título também só foi decidido nas penalidades máximas.

Parabéns a todos que contribuíram e que de forma direta ou indireta deram brilho a esse espetáculo que, a cada ano se agiganta e oferece alternativas de lazer para os nossos internautas.

Parabéns ao Anderson Pironcelli pelo seu dinamismo e sua desenvoltura diante da Diretoria Esportiva. Parabéns à Diretoria da Delegacia Sindical que se despede com a consciência de que só não fez um trabalho melhor porque faltaram recursos. Nem por isso deixou de atender às aspirações dessa galera que adora comparecer em nossa sede social nos sábados á tarde para prestigiar e louvar nosso futebol amador.

Parabéns aos internautas que a cada dia valorizam este nosso cantinho simples, mas feito com muita dedicação e muita responsabilidade, já que nossa incumbência é aproximar cada vez mais nossos amigos e companheiros para que todos os assuntos relacionados com a nossa caminhada sejam refletidos de forma honesta através de nosso desempenho na elaboração das matérias.

Desejo que todos tenham um ótimo final de ano. O ano em curso já se despede. Muita coisa aconteceu para nos tornar ainda maiores do que já fomos. Estamos crescendo juntos e aprimorando cada vez mais nossos editoriais no sentido de que venhamos a atingir nossos objetivos com muita responsabilidade.

Agora, para aqueles que ainda querem correr um pouco mais, a solução é ir frequentando nossa Arena Esportiva nesses últimos finais de semanas através de nossas tradicionais peladinhas.

Tudo de bom pra todos vocês...

Segue algumas fotos. O maior acervo será postado na seção fotos e vídeos.

 



Imagens

A equipe campeã cumprindo dever cívico.

Premiação pronta para ser entregue

Capitão Marcão recebendo o troféu de 1º lugar

Capitão Kerson recebendo o troféu de 2º lugar.

Capitão Piron recebendo o troféu de 3º lugar.

Goleiro Jô recebendo o troféu de goleiro menos vazado.

Atleta Piron recebendo troféu de artilheiro

Atleta Flávio recebendo o troféu revelação do certame

Atleta Tulinha recebendo troféu de melhor jogador da final

Comentários (5)

Enviado por: arquibancada antena, em: 09/12/2012 13:40
Quem foi o atleta REVELAÇÃO foi o zagueiro André Morales da equipe do Palmeiras e não o Flávio. O Flávio recebeu uma medalha de atleta garra vascaína. Tanto é que quem recebeu a medalha de atleta revelação foi a mãe do zagueiro, pois o mesmo já tinha se retirado para tratar de assuntos particulares. Põe a foto aí da mãe recebendo a medalha.

Enviado por: Hélio, em: 09/12/2012 13:59
Desculpe a falha. De fato o André foi o atleta revelação, inclusive fui uns dos que votou nesse sentido. Sucede que por descuido não saiu a foto de a mãe do atleta recebendo a medalha. Logo, se alguém tiver esse material remeta para nós que faremos a postagem. Ocorre que tinham outras pessoas tirando fotografias e pode ser que alguém tenha registrado esse momento...

Enviado por: Torcedor, em: 09/12/2012 16:08
Que sábado hein, valeu o ingresso.

Enviado por: Corneteiro, em: 09/12/2012 16:38
Hélio...acho que vc inverteu algo sobre o jogo. O jogo estava 1 x 1...com gol do Marcão ainda no tempo normal. O Tulinha e Reneu marcaram já na prorrogação.

Enviado por: Hélio, em: 09/12/2012 17:16
Acho que o corneteiro tem razão. Sucede que enquanto a partida corrida meu copo esvaziava, daí talvez a razão da inversão acima citada...

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)