Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.155.306 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

QUIROPRAXIA.


Publicada em: 18/01/2013 17:23
por: Hélio da Rosa Machado

 

Nós aqui deste site somos muito ligados ao futebol e (vez ou outra) estamos envolvidos com dores de diversas naturezas. Por isso é importante a divulgação deste método de tratamento, para que aqueles que,  por uma razão ou outra depararem com algum problema físico possam recorrer a mais este método infalível.

Não tenha preguiça. Leia até o fim, porque a matéria é importantíssima.

 

QUIROPRAXIA.

 

Você sabe qual o significado dessa palavra.

Pois é... Tanto a medicina como o nosso português reserva para nós algumas surpresas no campo das evoluções humanas.

Há bem pouco tempo eu não sabia o que essa palavra significa para nós que somos adeptos do futebol e muitas vezes convivemos com uma dorzinha inconveniente que nos acompanha quando menos esperamos.

A Quiropraxia nada mais é do que um tratamento que visa aliviar alguma dor que se instala em nosso corpo deixando-nos à mercê de muitas dúvidas quando não conseguimos explicação para o mal que nos assola.

Essa modalidade de tratamento engloba o diagnóstico, o tratamento e a prevenção de alterações mecânicas no organismo humano (ou disfunções) do sistema dos músculos e esqueleto, ante a dinâmica do sistema nervoso. Assim, a quiropraxia visa corrigir postura e a movimentação do corpo (quanto às articulações), impedindo que venhamos a deparar com torcicolos, dores lombares, problemas de coluna etc.

 Vejamos a definição técnica, segundo o manual subscrito pelo Dr. Junichi Ueda: “A Quiropraxia é uma ciência, arte e profissão que, através de ajustes manuais, trata e previne subluxações (alterações articulares e musculares), com base na coluna vertebral e nas articulações, integrando a estrutura humana ao sistema nervoso, contribuindo assim para a recuperação da capacidade natural de auto-cura que cada organismo possui. Atua eliminando eventuais interferências no sistema nervoso, causadas por bloqueio articular ou “subluxações”. Estes bloqueios podem aparecer devido às posições viciosas, traumas, sedentarismo ou stress, provocando uma alteração funcional por compressão nas fibras nervosas”.

Falando assim dessa forma, não parece que essa modalidade de tratamento seja eficiente. Entretanto é o meio ideal para tratar dores musculares em geral. É como tirar a dor com a mão, conforme diz o ditado popular.

Muitas vezes a pessoa está sentindo enormes dores; daquelas que no início começa na sola do pé, vai subindo para a chamada ‘batata da perna’, chega à coxa e por último se transforma numa dor genérica e não sabemos mais definir onde ela começou e o local exato que ela está. Neste caso o distúrbio se tornou tão elevado que chegou a atingir o nervo ciático e aí – caro amigo – a dor é tão intensa que nem as injeções intravenosas são capazes de aliviar a dor.

Você deve estar se perguntando onde foi que cheguei a essa conclusão, considerando que há pouco revelei que não sabia o que significava a Quiropraxia?

Nunca é tarde para aprendermos algo que interessa como forma de resolver nossos problemas de saúde. Foi através de um drama caseiro ocorrido com minha esposa que acabei chegando à Quiropraxia.  Ela começou a sentir dores constantes na musculatura externa da perda esquerda. A dor começou na parte posterior do glúteo e depois foi abaixando até ir parar na sola do pé. O infortúnio foi se intensificando com o passar dos dias e uma semana depois a dor era tão intensa que não conseguia mais dormir, eis que não tinha posição que pudesse aliviar a dor. Enfim, vi o desespero de perto, pois não sabia a quem recorrer. Fomos para consulta e o médico achou que fosse nervo ciático. Receitou injeções, mas não resolveu. Fomos a uma clínica de ortopedia, mas não chegamos a entrar, pois o atendimento foi tão anêmico que voltamos da porta.

Foi uma japonesa que nos indicou a quiropraxia. Pedimos o endereço e para lá nos dirigimos imediatamente. Nessa clínica fomos atendidos de forma urgente e precisa. Fiquei na sala ao lado e logo ouvi o primeiro grito de dor; mais um e mais outro. Logo após, fui chamado pelo profissional e ele informou-me que minha esposa tinha sofrido pequenos deslocamentos na coluna cervical, na parte superior ao glúteo e na parte próxima ao pescoço, por isso tinha fortes dores de cabeça, além do infortúnio agudo na perda esquerda. O diagnóstico foi alcançado por pequenos toques em regiões próprias, nas quais estavam localizadas as dores. Por isso ouvi os gemidos durante a avaliação preliminar.

Assim, foram receitadas 05 sessões de fisioterapia própria da Quiropraxia que a princípio causa medo ao paciente e a quem está assistindo, primeiro em razão das dores iniciais e depois em face dos estalos que são ouvidos das juntas ou dos ossos. O curioso é que na primeira sessão minha esposa já sentiu aliviada e sem nenhuma dor. Ocorre que momentaneamente a terapia tinha mexido com os deslocamentos e propiciado a melhora imediata. No entanto, alguns minutos depois a dor estava voltando, mas não tão intensa como antes. Por essa razão é que são necessárias algumas sessões, que somadas ajudam a fazer o retorno dos músculos que estão enrijecidos e com perda parcial da flexibilidade.  Assim, após as sessões irem se realizando a dor vai sumindo. Parece mágica!

Cito as orientações observadas no folheto fornecido pela clínica responsável pela Quiropraxia que descreve com precisão o método e a forma prática para se chegar à expulsão da dor: “No nosso entender eliminar dores não é uma solução adequada. É necessário descobrir as possíveis causas... Os ajustes da Quiropraxia são rápidos e precisos e normalmente são acompanhados por uns estalos. Logo após os ajustes observa-se a diminuição da dor, relaxamento muscular e aumento da mobilidade”.

Achei necessário divulgar esse método, pois não raras vezes as pessoas sofrem com dores agudas, vão ao médico, tomam remédios e mais remédios e a dor continua cada vez mais intensa. A observação colocada no folheto da clínica de Quiropraxia é verídica, pois constatei pessoalmente que o tratamento é absolutamente efetivo e corta as dores, já que são eliminadas as causas que geram o infortúnio. 



Imagens

Estalando as juntas e os ossos...

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)