Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.073.551 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Homenagem ao amigo Guima.


Publicada em: 17/02/2013 11:12
por: Hélio da Rosa Machado

Guima motor 4.8

 

O dia de ontem foi de plena alegria, visto que à tarde comemorei o aniversário de Mauro Gaiteiro e à noite era a hora de ir visitar meu amigo Alguimar Amâncio da Silva, a quem conhecemos entre nós (mais chegados) com a denominação de GUIMA.

Ontem ele estava dando uma recauchutada em seu motor 4.7, pondo um cavalo a mais, já que neste momento esse nosso atleta exibe um preparo físico pouco comum para a sua idade, em que pese a proeza de ter deixado a bebida e com isso colocado gasolina azul no seu tanquinho para que sua dinâmica de deslocamento seja livre de qualquer blitz de trânsito (considerando a lei seca).

Quando lá cheguei por volta das 21:30 hs sua residência já estava lotada de amigos. Conforme manifestação dele próprio na hora dos agradecimentos (discurso), ali estava as pessoas que ele é mais próximo, embora deixasse nas entrelinhas que gostaria que ali estivessem muito mais pessoas, mas, a contingência dos recursos disponíveis só lhe permitia chamar parte desse grande elenco para esse espetáculo da camaradagem. Nesse mesmo discurso ele enfatizou que ao alcançar (com a graça de Deus) a segunda etapa dos ‘entas’, para não dizer meio século, ele deverá reunir todos aqueles que até hoje lhes renderam bons vínculos de amizade.

Não levei meu ‘improviso’ debaixo do braço, mas, quero me corrigir neste instante, fazendo as homenagens que esse nosso amigo merece. Não esqueço que dia desses em meu aniversário o Guima foi o escolhido para render-me homenagem. A eloquência de poeta e de homem voltado para as letras trouxe para a festa um discurso cheio de elogios e de referências à minha pessoa que me deixou agradecido sensibilizado. Confesso que na minha luta para não titubear acabei deixando cair algumas lágrimas. O fato é que esse amigo na qualidade de escritor preparou belas palavras em nome dos amigos que, sabendo de sua facilidade com as palavras utilizaram de seu talento para que todos pudessem expressar nosso vínculo de união e amizade.

Ontem quando começaram os discursos tive o impulso de me apresentar e falar tudo que penso sobre o Guima, já que sobre ele só posso pronunciar frases que sejam valoradas pelos seus atributos, em face de seu caráter e de sua forma de conduzir a vida.

Trata-se de uma pessoa com muitos talentos: é músico, ator, escritor e o mais importante, um excelente amigo. Como eram muitos os manifestantes que talvez até tivessem mais motivos naquele momento para os agradecimentos. Uns por serem conterrâneos de Três Lagoas e terem viajado muitos quilômetros para estarem ao lado daquele que eles chamam de BOM MANÉ .

Outros em face da proximidade como vizinhos também queriam expor a satisfação de conviver com uma pessoa tão prendada que repassou os ensinamentos e acordes para aquela família que hoje também se tornou um talento em termos musicais. Todas essas nuances me retiveram no propósito de fazer a manifestação ao vivo, mas, com a intenção de utilizar deste veículo para expressar gratidão a esse grande amigo.

O Guima é um moço simples que, como eu, veio do interior e guarda recordações de sua origem que até hoje são reproduzidas em suas crônicas ou em seus causos em momentos de nostalgia. O passado só é lembrado quando constrói em nós a sensação de liberdade e de paixão pelas coisas boas que aprendemos a edificar e, entre tantas emoções, as que mais ficam alojados em nossa memória são os momentos simples que foram lapidados pelo cotidiano e pela vida sofrida da infância.

 

Hoje o Guima é um grande amigo das pessoas que são honestas e que comungam da lealdade. Essa virtude só é reservada àqueles que primam por vínculos sadios que visam refletir na família e na sociedade, no sentido de que boas pessoas sejam colocadas em nossa sociedade.

Não vou enumerar todas as qualidades do amigo Guima porque corro o risco de ficar escrevendo a manhã inteira e com isso posso levar o internauta a querer desistir de explorar a leitura até o seu epílogo.  

Por isso encerro dizendo que aqui em Campo Grande achei mais um amigo no meu círculo de relacionamentos sociais. Daí o ensejo para pedir a Deus que mantenha sempre esse nosso amigo nesse patamar de alta estima para que ele possa nos ajudar quando fraquejarmos.

Obrigado grande Guima por tudo o que você tem ensinado como pessoa e como executor da cultura das letras.

Seguem as fotos que registrei em sua residência...



Imagens

Guima prestigiando nossa mesa.

Guima cantando com o amigo Medina

Guima e seus amigos na hora do pagode

Posando para os fotógrafos do evento

Esses amigos viajaram mais de 300 km para prestigiar Guima

Zaira (amambaiense) veio abraçar Guima

Joãzinho (amambaiense) também veio prestigiar a festa.

Guima cantando com as vizinhas e amigas.

Comentários (7)

Enviado por: Paco, em: 18/02/2013 05:59
Parabéns Guima, felicidades sempre.

Enviado por: Marcello ultimo Samurai., em: 18/02/2013 10:45
Parabéns Guima,Muita saúde e felicidades meu irmão.

Enviado por: Edson, em: 18/02/2013 13:36
Parabéns meu camarada,que DEUS ilumine seu caminho te tando muita saúde,paz e felicidade! forte abraço.

Enviado por: Guima 4.8 (Movido a sucos e refrigerantes..rsrs), em: 19/02/2013 17:38
Caríssimo amigo Hélio Machado, Agradeço-o pela lisonja das palavras, a mim endereçadas, postadas no site Mão na Taça. Sem saber ao certo se sou, realmente, merecedor de tamanhos elogios, tão generosa e gentil lembranças, teimo em assegurar mais uma vez que me sinto honrado em desfrutar da amizade e a convivência com tão ilustre pessoa e, por extensão, sua família. Tendo e sabendo-o um homem honrado, uma pessoa íntegra, um amigo dedicado, generoso e leal, os momentos convividos tem sido de uma camaradagem honesta, sadia e feliz. Camaradagem esta, certificada em cartório da vida, situado na Avenida dos Bons Amigos, número Respeito Harmonia Honestidade, fixado na parede frontal de nossos corações. É, com este documento de respeito mútuo, meu nobre camarada, que lá se vão mais de dez anos de peladas, campeonatos abertos e “veteras” da vida, de música, de bate-papo de boleiro, de conversa gostosamente jogada fora, de aventuras futebolísticas pelo interior do Estado, saraus musicais em finais de campeonatos, idem em carnavais e acampamentos, leitura recíproca de nossos arroubos literários (rsrs), crônicas e poesias que falam da gente, sobre a gente e nossos interiores. Anos que passaram como um raio, pois quando desfrutamos da companhia de quem admiramos, o tempo passa velozmente e agradavelmente. Tempo que voa , porém não nos impede de aprendermos e praticarmos, dia após dia, o ofício sagrado da fraternidade. Ofício esse que se aprende enquanto ensina, sendo que o inverso é certo e verdadeiro. Abro um hiato para lhe afirmar, nobre amigo, que usando da boa malandragem, peculiar a nós, os brasileiros, por conta da sapiência que lhe é intrínseca, tenho mais aprendido do que ensinado a Vossa Senhoria. (rsrsrsrs) Na arte da amizade, os bons amigos sempre pregam peças uns nos outros! Um grande e fraternal abraço e o desejo que em edições de aniversários posteriores, Deus me conceda a Graça de contar com a presença especial da sua amizade e de todos os outros fraternos!

Enviado por: Guima, em: 19/02/2013 17:40
Obrigado ao Marcelo, ao Édson e ao Paco, pelos votos de aniversario!

Enviado por: Jcsuco, em: 20/02/2013 07:40
Parabéns Negão pelo seu aniversário, meio atrasado mais de coração fique com Deus e que ele ilumine mais o seu caminho em breve estou retornando as atividades para bater aquela velha resenha Abraços

Enviado por: Jcsuco, em: 20/02/2013 07:44
Negão o Machado escreveu no texto acima que vc está bem preparado fisicamente mais conforme as fotos eu acho que seu Airton está melhor que vc, rsrsrsrsrsr

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)