Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.157.706 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Jogo de 'palavras'


Publicada em: 18/04/2013 16:21
por: Hélio da Rosa Machado

Em todo setor de nossa sociedade é preciso muito cuidado com as coisas que falamos, especialmente quando se trata de uma celebridade, visto que a manifestação de uma ‘estrela’ repercute muito mais quando é negativa do que quando é positiva.

O Ronaldinho foi extremamente infeliz ontem ao declarar que o Atlético estava fazendo um treino contra o São Paulo.

A emenda do soneto ficou pior ainda ao declarar hoje que não quis ofender o São Paulo, ao afirmar que:

“Quero esclarecer o que falei ontem. O que eu quis dizer foi que o jogo foi importante para que os jogadores do Atlético entendessem o que será a fase de mata-mata, em que não se pode errar contra uma equipe como a do São Paulo. O nosso respeito pelo adversário é muito grande”, *(Leia mais: http://extra.globo.com/esporte/ronaldinho-gaucho-diz-que-foi-mal-interpretado-que-respeita-sao-paulo-8150028.html#ixzz2QqWi7DSS)

A toda evidência esta última declaração não ameniza em nada o que falou ontem no calor do jogo, ao contrário, só mostra que ele falou algo impensado e que, depois do estrago de sua declaração quis ‘consertar’ algo difícil de retificar.

Sempre achei o Ronaldinho Gaúcho com um pouco de excentricidade onde muitas vezes ele deixa externar o apego que tem por sua própria pessoa. Esse Narcisismo, muitas vezes, leva ao declínio porque as pessoas passam a vê-lo com outros olhos já que ele neste tempo em que está no Brasil conseguiu criar bons problemas para os clubes que frequenta, o exemplo disso foi o seu rompimento com o Flamengo um tanto quanto conturbado.

Fora isso, não há de se negar que ele é um craque, porém, ele deve ter consciência que está em fim de carreira, por isso deve coar suas palavras para não ofender os adversários, sob pena de um sepultamento mais cedo de seu notório estrelismo.

Veja bem. Estou discorrendo sobre este tema sem nenhum propósito bairrista já que sou santista e nada tenho a ver com o jogo de ontem. Mas, convenhamos que nos torcedores fomos educados a reverenciar ídolos que nunca se sobrepujaram no próprio ego para exaltar-se a si próprio. Por isso temos preferência por ídolos como, Zico, Falcão, Sócrates, Dunga, Ronaldo fenômeno e tantos outros que foram craques, mas não registram em suas vidas particulares qualquer lance que signifique a figura do narcisismo.

Ficou mais feio para o Ronaldinho Gaúcho, quando ele vem hoje na internet para se justificar ao invés de ter a humildade de pedir desculpas. Essa justificativa divulgando ideias incompatíveis com o que ele realmente pregou na noite de ontem pegou mal perante os brasileiros em geral. Ele quis dizer, claramente (na sua manifestação que afetou o grupo do São Paulo) que o Atlético estava sobrando dentro de campo e por isso não tinha que se preocupar com a partida. Isso soa certo desprezo.

O que nos perguntamos é como os noticiários internacionais receberam essa notícia? Sucede que a declaração de Ronaldinho Gaúcho deixa antever, nas entrelinhas, que ele não se esforçou para ganhar o jogo. Logo, como ficam os times que confiavam no Atlético e que dependiam do seu resultado contra o São Paulo? Isso cheira cafajestagem.

Essas e outras é que o diferenciam do Kaká. Por isso, já que o Felipão quer levar uma ‘estrela’ em vésperas de encerrar a carreira, então que leve o Kaká, pois esse jamais faria uma declaração dessa natureza. E olha que não estou levando em consideração a sua origem são paulina, mas apenas a sua educação como pessoa.

Parecer sob censura.



Imagens

A humildade é atributo mais importante da alma.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)