Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.104.725 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Boa estreia da Alemanha.


Publicada em: 28/04/2013 07:07
por: Hélio da Rosa Machado

A rodada de ontem foi feliz para três equipes e desastrosa para outras três.  Portugal foi para a 2ª derrota e de agora em diante vai jogar sobre pressão. Aliás, Portugal tem o mérito negativo de ser a única que acumula duas derrotas.

Mas, a grande novidade foi por conta da boa estreia da equipe da Alemanha. O time pretão mostrou um elenco qualificado e começou a competição com o ‘pé direito’ ao golear a equipe da Itália. Dizem os ‘corneteiros’ que a punição do ‘Batatinha’ é que gerou o desgaste da equipe azurra. A Alemanha que não tinha nada com isso atropelou o time de Toninho Ávalos. O Reinaldo, representante da equipe negra demonstrou que é ‘pé quente’. A Alemanha está constituída de atletas de bom nível, tem um banco qualificado e no meu sentir é séria candidata a uma das vagas da semifinal.

No segundo jogo da tarde, outro placar elástico, desta feita a favor da equipe do Valdir Casagranda, que, aliás, tem sido o destaque do seu time, visto que além de comandar seu excrete com competência ainda está lhe sobrando o mérito de ser o artilheiro do time e da competição. A Holanda, comandada pelo Marcos Motta, não conseguiu desenvolver o bom futebol da 1ª rodada e acabou sucumbindo com o resultado negativo. A equipe do Brasil é a líder da competição com duas vitórias seguidas e é disparada aquela que se credenciou a chegar com sobras nesta fase classificatória.

No terceiro jogo protagonizou-se a decepção deste cronista. Nosso time foi o mais desastroso da rodada. Sem querer desmerecer a vitória da Inglaterra (comandada pelo Alberto Torres), que foi brilhante em termos de garra e de empenho dentro de campo, minha equipe foi a mais desatenta e a mais atabalhoada dentro das quatro linhas. Sucede que vencíamos o jogo, na metade do segundo tempo, pelo placar de 3 X 1. O primeiro gol que levamos foi uma desatenção coletiva da defesa. Dois atacantes da equipe vermelha contra cinco defensores de Portugal e um destes atacantes ficou sozinho dentro da área pequena para empurrar a bola pra dentro do gol.  A partir desse gol foi Portugal quem correu atrás do prejuízo. Fez o gol de empate e chegou facilmente aos 3 X 1. Mas, a partir daí começaram os desencontros. Um de nossos alas atrasou uma bola para o meio de campo e a bola foi parar nos pés do adversário que driblou dentro da área e foi derrubado: pênalti. O empate veio com outra desatenção da defesa e a bola sobrou sozinha para um atacante converter o gol. No final, mais um pênalti desta vez nosso zagueiro deu uma de goleiro dentro da área.  Mérito, porém, para a equipe da Inglaterra que lutou até o fim e mesmo com o placar adverso correu atrás dos gols e conseguiu.

Desculpem-me por ter poucos registros da rodada. Fiquei vendo o ‘quase’ desastre da equipe santista contra o time do palmeiras. Depois de ver a equipe praiana perder tantos gols, especialmente pelos pés de Neymar, fui para a arquibancada meio zonzo e esqueci que também sou fotógrafo.

Falta-me ainda, como autor das matérias, a isenção completa sobre as próprias emoções. Como não sou profissional vou levando como posso.

 



Imagens

Momento em que sentei com os amigos para relaxar. Até então, só tinha vivido momentos de tristeza

Emerson 'pagando uma' depois de tantos anos ter conseguido ganhar uma do Tulinha.

Bossay 'tirou a caixa de ferramenta', mas, esqueceu que estava dentro da área.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)