Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.106.238 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Homenagem ao dia dos namorados.


Publicada em: 12/06/2013 16:31
por: Hélio da Rosa Machado

Fiquei curioso para saber o porquê de 12 de junho ser o dia dos namorados. A pesquisa me levou a muitas versões. Entretanto escolhi duas para relatar nesta matéria, visto que acho essas duas as mais coerentes.

Dizem que foi uma loja através de visão comercial de seu proprietário que, tendo que alavancar as vendas num mês que muito pouco se vende em termos de presente, articulou promoções que reverenciavam esse dia como dos namorados, já que se trata de época de festas juninas e a população só se envolve com festas folclóricas como quermesses, festas juninas, danças típicas etc. que, no contexto comercial sugere a venda de outros produtos.

Outra versão é que se tratando de um mês em que se reverencia o Santo casamenteiro da Igreja Católico, no caso, Santo Antônio seria louvável que lhe prestasse homenagem. Sucede que a sua fama de realizar encontros que são abençoados pela vida toda, também levou a escolha de seu mês como marco das uniões conjugais as quais o Santo em questão protege.

O fato é que 12 de junho é comemorado um dia de muita importância para as pessoas já que o namoro é algo muito importante nas sensações românticas que envolvem os seres humanos. Namorar é algo tão relaxante e tão insinuante como essência romântica que faz bem ao corpo e a alma, levando-se em consideração que se trata de uma sensação agradável que é inerente a qualquer tipo de interesse, seja na condição de solteiro ou de casado, já que se pode namorar quando se é jovem ou quando se é velho.

O importante é que se trata de um dia de renovação dos propósitos nas uniões, seja quando se é solteiro ou quando se é casado. Às vezes a vida nos arremessa para o cotidiano e isso nos leva, em algumas ocasiões, a nos tornarmos um pouco robotizados. O dia dos namorados serve para nos avisar que a gente possui ao nosso lado uma pessoa que não é apenas amiga, mas que nos oferece seu carinho, sua compreensão, sua dedicação que são atributos do amor.

É evidente que o consumismo muitas vezes se torna mais voraz no momento da comemoração. Ou melhor, às vezes ao invés de uma homenagem significativa, através de gestos de carinho, trocamos a essência do sentimento por um presente. Isso é muito comum. Até satisfaz ao outrem. Entretanto, não creio que seja a melhor forma de homenagem.

Para quem é namorado na condição de solteiro, quando o relacionamento está no auge, tudo é motivo para comemoração. Presentes, carinhos, aconchegos e vontade de estar junto são coisas quase que diárias. Com o tempo, se o casal já tiver convertido essa primeira fase em amor maduro, através de um casamento ou de uma união feliz, o dia dos namorados serve para despertar antigos sentimentos e com isso demonstrar que as antigas paixões ainda andam latentes, embora às vezes fiquem um pouco escondidas e camufladas na contingência da presença diária.

O importante é que o dia não seja visto como na primeira versão de sua criação original, ou seja, de que não passa de mais um dia na vida das pessoas que elas irão trocar presentes. Creio que devemos viver esse dia conforme o ensejo de Santo Antônio, ou seja, mostrando-se presente e enfatizando a importância de se ter ao nosso lado alguém que ainda namoramos como se fosse o primeiro dia em que nos conhecemos. 



Imagens

Um cartãozinho que diz muito.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)