Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.106.322 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Piron e esposa recebem amigos.


Publicada em: 16/09/2013 14:27
por: Hélio da Rosa Machado

O domingão no Piron foi dos melhores possíveis, tanto que lá pelas 17:00 horas, quando fui embora, o Edson estava vigiando o isopor azul que ainda conservava quase que cinquenta por cento das latinhas geladas. Ele me confessou que não ia vencer o estoque dessa vez.

O encontro futebolístico atrasou um pouco porque a galera ainda estava de ressaca, por conta do torneio início realizado na véspera. Atrasou mas aconteceu. Só sei que desfrutei do prêmio pago pelo adversário, ou seja, duas cervejas pagas por cada um dos atletas perdedores. Assim, já chegamos na mansão do Piron um tanto quanto ‘calibrados’.

Foram armadas duas tendas no quintal que serviu de conforto para a ‘galera’ evitando-se os raios solares. Daí em diante só ‘cornetagem’.

A equipe musical estava bem servida pelo maestro do dia, no caso, pelo Vandir Barreto (músico profissional). Ele encantou os presentes pelo seu talento com o violão. Assessorou os músicos já conhecidos da ‘Bancada’, ou seja, Mauro Gaiteiro, Vivaldo (violão) e Fabrício (voz e violão). O chamamé foi o ponto alto do repertório. Vandir se encarregou de fazer os arranjos nas músicas. A cada canção um solo de arrepiar.

O almoço estava uma delícia. No churrasco a costumeira participação de nosso mestre cuca “Cabecinha’. Na mesa farta vários tipos de verdura, molhos, arroz, mandioca etc.

Assim, é hora de agradecimentos, especialmente, ao anfitrião e sua esposa que não mediram esforços para que tudo estivesse organizado para boa recepção dos amigos. Piron também contou com a assessoria de seu irmão Eduardo que o ajudou em todos os preparativos, além de alguns vizinhos (como Fabrício e Fabão) que contribuíram com outros tipos de logísticas.

Saímos de lá com a sensação de que vale a pena continuar investindo nesses encontros, pois, essas festas têm se tornado uma extensão das atividades esportivas. São nesses momentos que os atletas se integram socialmente fora das quatro linhas do gramado com a presença de esposas, filhos, vizinhos etc.

Pena que hoje, na segunda-feira nosso amigo Piron amanheceu adoentado. Provavelmente aquela virose que põe o peão na cama. Olha espero que não venha os ‘corneteiros’ para falar que é ressaca, porque não é. Ele nem veio trabalhar! Mas acho que cabe uma ‘cornetadinha’ de leve. Afinal, ele é o primeiro a ‘pegar no pé’ dos outros.

Os vídeos serão postados oportunamente.

 



Imagens

O domingo começou com bola.

Os Sheiks das arábias estiveram presentes.

As esposas presentes.

Outro visual dos Sheiks das arábias.

O anfitrião e seu irmão Eduardo.

"Cabecinha"; nosso mestre cuca.

Os músicos da casa.

Vandir: O maestro da equipe musical.

Osvaldo foi prestigiar o evento.

Beberam pouco. Os paraguaios adoraram os chamamés (italianos).

Edson não conseguiu vencer o estoque.

Comentários (3)

Enviado por: k10, em: 16/09/2013 14:46
É bom tomar cuidado com esta virose, pois eu conheço muita gente que sofreu com ela, entre eles: Zeca Pagodinho, Adriano Imperador, Presidente Lula, Velho Barreiro, Medina e tantos outros. Dizem que o vetor vem numa caixa, ataca a gente, e logo o fígado sente. A melhor prevenção é não deixar acumular cerveja no corpo, secar bem os pneus qunado tomar banho e tomar um comprimido antes e outro depois, e evitar as más companhias.

Enviado por: Paco, em: 16/09/2013 16:10
Esta virose tem nome!!! Cerverose...rsrsrs.

Enviado por: Leco, em: 16/09/2013 23:36
So elite

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)