Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.334.900 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Uma festa memorável...


Publicada em: 21/06/2009 16:49
por: Hélio da Rosa Machado

                 O chão tremeu...

                 O Aero Rancho balançou...

Está de parabéns nosso amigo Cáfus (Edson Ferreira) pela excelente recepção em sua residência neste último sábado.

 

Estava muito boa a festa de aniversário do nosso glorioso lateral direito. A Bancada da Bola compareceu (de forma expressiva) na residência localizada na Rua Lírio do Campo, lá no Aero Rancho. Podemos registrar a presença de Emerson e Família, Hederson e família, Fábio e família, Valdir e esposa, Ivanor e esposa, Alziro e esposa, Hélio da família, Fabrício e namorada, Kerson e esposa, Jaime ("Carrinho de Suco") e muitos outros convidados do anfitrião.

 

A festa estendeu-se até às 02 da matina e (como sempre) o nosso homenageado queria mais festa e para segurar os presentes oferecia a famosa "saideira", mas como as esposas já conhecem a "manha" do nosso amigo, não se deixaram levar por seu argumento e retiraram os maridos da festança (algumas a puxão de orelha).

 

Agradecimentos especiais a Fabrício e ao Alziro que seguraram a parte musical. Sentimos a ausência do sanfoneiro Mauro. Paciência. Certamente algum imprevisto o impediu de comparecer.

 

Como se tornou tradicional (sempre que há um evento dessa natureza), o "Machadinho" fez uma homenagem ao aniversariante através de um discurso. Abaixo o teor do texto acolhido com boa receptividade pelo homenageado:

 

 

"UM EXPOENTE DE LIDERANÇA

 

(Hélio da Rosa Machado)

 

Tive a oportunidade de mandar uma mensagem pela Intranet, para homenagear o nosso amigo aniversariante, onde citei a frase da escritora Maria de Almeida Camargo que diz: "A amizade é como as estrelas. Não as vemos toda a hora, mas sabemos que existe". Acrescento mais um aspecto de reflexão a esse pensamento: As estrelas são tão presentes em nossas vidas que se quisermos vê-las não é preciso ir até elas, mas basta olharmos para o Céu e as veremos acesas e brilhantes. Esse é o significado de uma amizade. Não precisamos que o amigo esteja sempre ao nosso lado, ou que se faça presente em todo o instante em que estamos precisando dele, pois o importante é sentirmos que tal pessoa existe e que se for necessário chamá-la ela não se negará a atender nosso pedido. Assim são as estrelas que ficam nos Céus brilhando, mas que nem sempre estão conosco, porque muitas vezes o seu brilho é universal, mas que só se transformará numa mensagem pessoal quando olharmos para o Céu e verificarmos a sua grandeza e o seu significado.

 

Diante dessa assertiva filósófica, fica a sensação de que não estamos sós porque em nosso íntimo há uma reserva de confiança que podemos a toda hora utilizá-la para o nosso bem e de todos os que nos rodeiam. Assim é o Edson, uma reserva legal de predicados e de princípios, que todos nós temos para usufruir, porque durante todos estes anos em que nos conhecemos jamais o vi trair alguém ou que de alguma forma virasse as costas para um problema que fosse comum entre nós.

 

Trata-se de uma pessoa honrada e que desde o primeiro instante em que o conheci tive a sensação de que sua personalidade e sua postura de homem sério e de palavra; criaria em todos nós um vínculo de amizade de sinceridade, para que pudéssemos juntos construir o destino de todos nós da "Bancada da Bola".

 

Hoje, aqui na sua residência, na companhia da sua família - sua esposa e seus filhos - aproveitando a recepção e a dose ímpar de camaradagem (de bons anfitriões), tenho a honra de prestar esta homenagem, de forma singela, mas com a eloquência dos pensamentos e da idéias coletivas, pois não falo apenas em meu nome, mas representando esta colônia de confrades que tem se multiplicado nos últimos anos, posto que convergimos para interesses comuns em torno do esporte, em torno da vida, em torno da substância do ser humano; que é a amizade.

 

Receba Edson, de todos nós um caloroso abraço e que este dia não se constitua apenas em mais uma festa da 'bancada da bola', mas que se agregue à nossa memória como um marco de nossa amizade, para que possamos um dia lembrar em nossa aposentadoria que entre nós sempre existiu pessoas de grande valia e que por isso merecem ficar gravadas no quadro da história de nossas vidas. Assim, neste dia, não comemoramos apenas o aniversário deste grande amigo, mas também a somatória do nosso empenho que evoluiu com o tempo, para que hoje chegássemos na construção destes encantos de onde irmana a êssência deste grupo. Em face dessa sintonia de vontades é que conseguimos falar tantas amenidades e sempre temos munição para construir nossas gozações e nossos momentos de alegria. Muita vezes passamos horas conversando e falando de coisas triviais, mas sem perder a substância do respeito e da irmandade. Essa harmonia só se construiu com lealdade e com confiança. Assim, estamos na casa certa para fazermos nossa alusão a esses predicados humanos, pois podemos incluir o nosso amigo homenageado como uma daquelas pessoas que implantou em nosso meio o sentimento de reciprocidade e de camaradagem.

 

Edson, a sua postura militarizada é um marco da sua personalidade. Evidente que falar em militar nem sempre é sinônimo de elogio. Mas, para o nosso hamenageado é elogio, porque seu comportamento lembra disciplina, ordem, coerência, respeito à hierarquia de idéias etc. Enfim, a voz alta, clara e por vezes até estridente do nosso amigo, muitas vezes nos desperta da nossa realidade cotidiana, ilustrando um lição de vida, posto que não são todas as pessoas que assumem suas condutas. O Edson sempre foi aquele cidadão que não tem medo de falar a verdade. Doa a quem doer. Aliás, a vida deve ser pautada por esse princípio, pois o que não davemos fazer é mentir. Falar a verdade é uma coisa que muitas vezes assusta, mas que em muitos casos é necessário. Assim, temos de agradecer por essa grande lição de vida que nosso amigo Edson tem disseminado entre nós, pois a verdade nem sempre é acompanhada por palavras bonitas, conforme disse alhures um pensador: "As verdadeiras palavras não são sempre bonitas e as palavras bonitas nem sempre são verdades".

 

Por outro lado, falar sobre o Edson não é só dizer coisas sérias, pois ele também tem seu lado alegre. Principalmente quando no final da festa começa a pedir a "saideira". Aí a prosa se prolonga! Aliás, o "Batatinha" lá do Sindijus criou uma certa ojeriza da presença do Edson nas violadas de quinta-feira e dizem que está financiando boa parte do curso de direito que o amigo começou a frequentar há algum tempo, pois assim conseguiu tonar menos pesarosas as 'esticadas' das horas naquele momentos festivos. Dizem também que o "Batatinha" conseguiu um engajamento na arrecadação desse fundos junto com as esposas que sempre estão aflitas com os atrasos dos maridos. Além disso, não posso deixar de citar aquela batida nos altos da Avenida Mato Grosso, quando o nosso amigo ocasionou sérios transtornos com relação à uma senhora sexagenária, fazendo-se passar por um mudinho (que na verdade escondia a revelação da sua embriaguez por isso não queria abrir a boca para não exalar o "bafo") a ter que arcar com o prejuízo pelo sinistro.

 

Assim, termino esta homenagem com um celebre pensamento de Martin Luther King - polícito norte-americano: "Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: Amor no coração e sorriso nos lábios". Penso que tal pensamento serve para ilustrar a personalidade de nosso homenageado, pois acredito que sua simpatia e seu bom humor estão relacionados com esses dois valores tão essenciais numa pessoa.

 

Receba Edson, de todos que aqui estão presentes, o nosso caloroso abraço e que Deus conceda (a todos nós) muita saúde para que - por muito tempo - possamos fazer estas homenagens por longos anos do nosso porvir.

 



Imagens

Nosso amiogo em uma de suas "saideiras".

Hora do "barulho"

Comentários (6)

Enviado por: Valdir, em: 21/06/2009 17:07
Parabéns Edson e familia pela comemoração do aniversário. Nossas reuniões fortalecem cada vez mais a união do grupo. Um grande abraço também na pequena Júlia.

Enviado por: Paco, em: 22/06/2009 06:52
Caro colega e amigo, parabéns por mais esta data, que você continue sempre esta pessoa humilde e amiga, felicidades a você e sua família.Abçs.

Enviado por: Emerson Morilho, em: 22/06/2009 07:30
Parabens Edson e familia, parabens pelo aniversário e também pela excelente recepção.

Enviado por: Alcirio Glagau, em: 22/06/2009 07:30
Parabens Edson meu amigo irmão camarada, não pude estar presente na festança mais sei que estava muito boa pela pessoa receptiva que você e sua famlía é só eu sei como são que deus te ilumine e continuamos sendo amigos e irmão camarada para sempre, um grande abraça.

Enviado por: Alziro, em: 24/06/2009 06:46
Parabéns, Edson! Valeu mesmo! É sempre uma alegria estar em companhia de bons amigos, como você, sua família e convidados. Também gostaria que o sanfoneiro e amigo Mauro estivesse presente, mas confesso que sou um pouco culpado, pois o "Cafus" me pediu na quinta-feira para ligar p/ ele e confirmar, o que eu só fiz na manhã do sábado. Também não sabia que o homi tava com a agenda cheia. Por outro lado, acho que ele ficou mesmo foi com medo do bafômetro rsrsrs

Enviado por: Fabricio, em: 24/06/2009 08:35
Parabéns Edson, a festa tava de primeira, churrasco bom (como sempre né), cerveja gelada e música boa (hehe)... um abraço.

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)