Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.107.287 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Itaquerão ou Taperão?


Publicada em: 03/04/2014 17:06
por: Hélio da Rosa Machado

A FIFA deve estar se perguntando até agora sobre a besteira que fez ao escolher o futuro estádio do Corinthians para a abertura da Copa do Mundo, tendo tanto outros por esse Brasil à fora que poderiam muito bem serem utilizados com esse fim e com gastos irrisórios se considerado todos os problemas com a construção da Arena Corintiana.

Fora a morte dos operários que certamente renderão às famílias indenizações milionárias. Ainda falta muito dinheiro para conclusão das obras e a própria FIFA já admite tirar dinheiro do bolso para cobrir essas despesas.

Pelo menos nisso o estádio corintiano fez um favor ao Brasil. Obrigou a ‘galinha de ovos de ouro’ a retirar algumas moedas reluzentes de seu abastado cofre. O Tio Patinhas se ainda existisse como ficção infantil iria ficar vermelho de raiva com essa situação.

A mídia Nacional em notícias de hoje já estampa a ‘sinuca de bico’ que a opção de escolher o Itaquerão desencadeou na cúpula da FIFA. Veja o que estampa o site UOL em matéria vinculada ao Blog de Juca Kouri:

 

Nos bastidores da Fifa já se articula o pagamento dos 50 a 60 milhões de reais necessários para as obras temporárias no estádio que abrirá a Copa do Mundo, o do Corinthians, em Itaquera. Convencida de que o clube não terá como arcar mesmo diante da palavra de Andrés Sanches, ouvida como apenas para se livrar de Jêróme Valcke, a Fifa, certa de que está diante de um ponto de não retorno, sabe que o evento é seu e que terá de se movimentar. A caça às bruxas é dramática. Debilitado fisicamente e obeso, fruto de intenso stress, o chefe do COL, Ricardo Trade, agora acusa o super consultor da Fifa, o americano Jim Brown, contratado a peso de ouro ainda por Ricardo Teixeira, de ser o responsável pelo descalabro, rompendo uma relação que era de parceria. A Fifa já nem mais faz questão de esconder que está sendo vítima da facada final, ou seja, ou abre os bolsos ou se expõe a um retumbante fracasso em seu maior evento. Como lidará com isso depois, aí incluídos os compromissos não cumpridos nas áreas de energia e telecomunicações, serão outros 500, provavelmente nos tribunais”.

 

É. Pelo andar da carruagem o Itaquerão se a FIFA não meter a mão no bolso vai virar um Taperão.



Imagens

Uma 'dor de cabeça' iminente.

Comentários (0)

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)