Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.173.865 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Brasil e Espanha na semifinal


Publicada em: 26/04/2014 21:24
por: Hélio da Rosa Machado

Faltando apenas três rodadas para cada time e estando Brasil e Espanha com 10 pts, pode-se dizer que tais equipes estão com 99% de possibilidade de estarem entre as quatro classificadas para a seminal, por existirem três equipes que não chegaram a somar mais de 1 ponto.

Estando duas equipes com o passaporte de ingresso para semifinal, duas outras só dependem de si para também chegarem juntas com Brasil e Espanha, que são Holanda (com 7 pts) e El Salvador (com 4 pts). A Holanda tem chances de sobra, já que ainda possui três jogos pela frente. Já El Salvador tem menos partida para jogar, ou seja, apenas duas. Mas, pode também chegar a 10 pontos e alijar alguns concorrentes diretos já que joga contra o Japão (sem pontos) e contra Uruguai (com 1 pt).

Correm por fora e só se classificarão se ganharem todas as partidas, mas ainda dependem de combinações de resultados: Japão, Uruguai e Nigéria.

O bom dessa matemática é que as equipes que estão lá embaixo, mesmo sem somar pontos ainda mantêm a esperança de chegar, evidente, com possibilidades mais remotas.

No primeiro jogo a equipe espanhola começou o jogo cheia de problemas, já que seu elenco demorou para chegar na Arena do Sindijus. Entretanto a Nigéria começou o jogo com os jogadores mais credenciados e foi pra cima do time espanhol. Entretanto, as jogadas do time marca texto paravam em conclusões infelizes de seus atacantes. Ou o goleiro Jô defendia ou os chutes saiam pela linha de fundo. Entretanto, foi a equipe da Nigéria quem abriu o placar. O jogo parecia que seria favorável à equipe de verde, mas quando saiu o gol da Espanha e com o cansaço dos jogadores Piron e Sirfarney a equipe começou a ceder espaço para a equipe espanhola que nessa altura tinha mais fôlego. Foi nesse ímpeto que o atacante Valdir, mais uma vez, deixou seu time na frente. Placar final: 2 X 1 para a Espanha. Aliás, registre-se aqui a polêmica da tarde. O árbitro anulou um gol feito pela Nigéria que segundo testemunhas teria sido legítimo. O árbitro achou que a bola entrou para dentro do gol pelo lado de fora.

No segundo jogo a partida começou bem equilibrada, entretanto a equipe de El Salvador fez uma jogada atrapalhada em sua defesa e propiciou que a Holanda fizesse seu primeiro gol. Daí em diante a equipe branca não conseguia desenvolver jogadas ofensivas e isso foi suficiente para a equipe de Kerson Nantes fosse mais ousada no aspecto ofensivo. Foi fazendo seus gols e determinado momento da partida o placar estava em 5 X 1 para a equipe holandesa. Daí em diante a defesa da Holanda começou a relaxar e isso deu brecha para que El Salvador fizesse dois gols seguidos. O placar final: 5 X 3 para a Holanda.

 

No terceiro jogo a equipe do Brasil foi pra campo bem animada, visto que do outro lado via-se alguns ‘gatos pingados’, ou melhor, a equipe do Uruguai entrou em campo com apenas 8 jogadores de linha. Esse fator psicológico ajudou a equipe brasileira que em poucos minutos tinha aberto um placar favorável de 3 X 0. No final do primeiro tempo houve uma reação da equipe azul celeste e através de jogada bem trabalhada pelos irmãos Carvalho (Paulo Rogério de Paulinho flecheiro) a bola foi parar nas redes adversárias. Começou o segundo tempo e parecia que o Uruguai iria reagir ainda mais, porque estava conseguindo armar jogadas de perigo para o Brasil. O jogo chegou a ficar em 3 X 2, com o segundo gol de Paulinho Flecheiro. Entretanto, logo depois disso levou o quarto gol e aí o time não tinha mais forças para reagir. Placar final: 4 X 2.




Imagens

Torcida estava animada.

Outro perfil da arquibancada

Jogo correndo

Os verdinhos 'marca texto' correram bastante, mas não deu em nada.

Movimentação dos times.

Aqui é o lugarzinho das maiores 'cornetagens'.

Comentários (2)

Enviado por: Hélio, em: 28/04/2014 20:43
A situação do Japão vai ser definida no jogo contra El Salvador. Por incrível que pareça, mesmo o Japão não tendo nenhum ponto, caso ganhe de El Salvador, só dependerá de si para alcançar uma classificação. Vai para três pontos e deixará El Salvador com apenas 4 e só um jogo pela frente. Se o Japão vencer os dois outros compromissos chega classificado em 4º lugar. Pode?

Enviado por: Hélio, em: 28/04/2014 20:46
Aí diria aquele mais pessimista. E o Japão tem time para ganhar de alguém? Pelas estatísticas não, mas, quem sabe seus jogadores não comecem a 'morder' (no bom sentido) nos próximos jogos...Estou fazendo uma forcinha para acreditar, mas, como diz o ditado: A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE...

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)