Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.103.433 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Ficando mais velho ainda.


Publicada em: 02/10/2014 08:13
por: Hélio da Rosa Machado

ANIVERSARIANDO.

 

No dia 2 de outubro de 1957, em Rio Brilhante-MS, nascia um caboclo que iria passar sua infância em Amambai-MS e que viria, na atualidade, a se tornar cidadão campo-grandense (título concedido pela Câmara de Vereadores da Capital Morena em face iniciativa do amigo Athayde).

Lá pertinho da fronteira vivi as primeiras emoções de guri. Conheci bons professores. Fiz boas amizades. E banhei-me nas águas profundas do panduí.

Aqui vim construir meu futuro. Era um centro mais palpável para se aprender uma profissão. Foi isso que ocorreu. Os livros e a luta diária do aprendizado me deram um novo horizonte. Formei-me em Direito. As leis e os processos me fizeram um profissional zeloso.

Hoje aposentado e com a consciência do dever realizado. Posso dedicar meu tempo ao neto. Curtir as amizades aos montes. Fazer as coisas que gosto. Bater uma bolinha de leve. Reunir amigos nas ‘moagens’ e nas ‘cornetagens’.

Não sou saudosista que vive exaltando o passado como forma de viver o presente. Mas, convenhamos, alguns costumes do passado preenchiam algumas lacunas existenciais que hoje ficam no vácuo das convivências. Refiro-me ao hábito abandonado, por ser piegas, quando as pessoas se reuniam na noite de encruzilhada da data de aniversário fazendo-se visita noturna com as chamadas serenatas. Esses tempos se foram e não voltam mais. Mas, tudo que representa algo bom deixa marcas. Quem não se lembra de momentos em que os acordes de uma música romântica ecoavam nas janelas. A música era o instrumento para se acordar alguém que admirávamos ou amávamos.

Para não espichar ainda mais estas lembranças, despeço-me com as coisas de agora. Pra mim acordar ainda não tem hora. Dormir também. A única coisa que deprime é ter que acordar cedo para ir a um hospital. Mas, se for preciso temos de ir. Se conformar com o porvir. Porque a vida é feita de reveses. Oscila com um pêndulo, ora produzindo alegria ora desvendando tristeza.

O importante é amanhecer bem. Ter forças pra enfrentar aquilo que nos açoita. Tal disposição eu consigo manter comigo. Graças a Deus estou ativo para a vida e disposto a enfrentar as ‘tarefas’ que me foram reservadas pelo nosso Criador.

Enfim, aniversariar não é apenas ficar mais velho. Essa questão biológica é só a constatação de nosso perecimento carnal. O que importa é saber apropriar-se das experiências vividas e aplicá-las com sabedoria. Construir uma alma que venha a ser lapidada pela rigidez da vida. Assim, sou feliz através das coisas simples do dia a dia. Só por ter uma família, ser amado e ter a natureza como meu palco encantado! 



Imagens

A barriga veio junto com a idade. Futebol só de leve....kkkkkk

Comentários (4)

Enviado por: Rogerio/ Igreja, em: 02/10/2014 09:04
Feliz aniversario, que isto se estanda por muitos anos ainda.

Enviado por: Valdir, em: 02/10/2014 11:25
Parabéns Machado. O segredo é não tirar foto de perfil. Outro dia tomamos umas, hoje a noite tenho um compromisso.

Enviado por: Guima, em: 02/10/2014 14:08
Grande Machado, parabéns! Desejo felicidades, paz, saúde, harmonia, esperança, sucesso sempre em sua vida!

Enviado por: Edson, em: 02/10/2014 16:55
Parabéns meu amigo.Que o grande mestre continue iluminando vosso caminho. Felicidade sempre e um forte abraço deste que vos admira!!!!!!!!!!1

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)