Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.074.656 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

POESIA - PAÍS DE GALES.


Publicada em: 11/11/2016 17:31
por: Hélio da Rosa Machado

Este ano tudo está meio atípico. Sindijus sem diretoria. Campo reduzido. Povo de arquibancada sumido. Clube reformulado. Novo visual. Tudo mais lindo. Só a competição se desvaindo. Sem vencedores na parede. 
Sem as emoções de outrora. Tudo está diferente agora. Até País de Gales sentiu. Teve altos e baixos. Não foi o que podia ser. Deixou-se esmorecer. Na semifinal abaixo do normal. Marcadores parecendo tricolores. Esperando acontecer. Não vira se não interceder. Se não chegar junto. Se não vibrar na disputa. Sem espírito de luta. Aí só resta melancolia. De disputar um terceiro lugar. Nem um demérito! É o que fizemos por merecer. Paciência! A vida é uma ciência! Gira como a terra. Ora se esta por cima, ora se ferra. Mas, tudo vale a pena. Porque fica o apredizado. De ser ter vivido e ter errado. Isso faz parte da vida. Há que se curar essa ferida. Lá na final seremos coadjuvantes. Isso não importa. Lá estaremos. Coisas que outros não conseguiram. Então vamos se conformar. Comparecer para jogar. Se ganharmos ou perdemos será a mesma coisa. Vamos honrar o estar lá. Talvez ganhar uma caixa de cerveja. Já basta. Afinal, sem tudo isso não teríamos este grupo. Ao qual dedicamos nossas idéias. Dissemos tudo. Não aplicamos tudo. Mas, pior quando se fica mudo!


Comentários (2)

Enviado por: , em: 14/11/2016 14:31

Enviado por: Tula, em: 21/11/2016 19:10
Aêee Machado, bela poesia !!!

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)