Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.334.769 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2019
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Um Pedido de Desculpas...


Publicada em: 10/05/2011 09:48
por: Hélio da Rosa Machado

HÁ TRÊS COISAS QUE NUNCA VOLTA ATRÁS:

A FLECHA LANÇADA;

A PALAVRA PRONUNCIADA

E A OPORTUNIDADE PERDIDA.

(Provérbio Chinês)

 

Por questão impulsiva, ao sair do Sindijus, neste sábado passado, com a adrenalina em alta, em face do nervosismo devido às circunstâncias do jogo Santos X Flamengo, nas primeiras horas de domingo, fiz registrar matéria neste site que, hoje, faz-me ver que exagerei nas referências a uma pessoa, quando indaguei minha consciência e percebi que o Valdir Casagranda não as mereceu.

Quem conhece o Valdir sabe que ele não faria algo que estivesse vinculado à arrogância, ou algo semelhante. Arrependo-me de ter feito menção a ele, com nuances que não deviam ter conotação de ofensa, mas, que soaram nesse sentido, já que expus sua atitude como algo negativo.

De fato ele quis apostar contra o meu time. E, daí? Se ele acha que o time do Cruzeiro é melhor que o do Santos é um direito que não cabe a mim julgar. Se ele acha que o Peixe estava com medo do seu time, está aí mais uma questão que foi tratada de forma equivocada de minha parte, até porque ‘as gozações’ e ‘cornetagens’ de arquibancada permitem esse tipo de brincadeira. Afinal, nosso grupo da ‘Bancada da Bola’ vive externando esse tipo de gozação e ninguém se vê ofendido.

 De outro lado, confesso que estou confuso quanto à referência que fiz na matéria, sobre ele (Valdir) ter dito que meu time tinha jogado com times ‘quebrados’, por isso tinha vencido as duas partidas. Hoje, não tenho certeza se foi ele mesmo quem fez essas considerações, visto que, quando acabou o jogo, recebi uma saraivada de críticas, sugestões e até de denúncias, envolvendo alguém que tinha se comportado de modo inadequado durante a partida do Santos X Flamengo. Essa ‘enxurrada’ de informações é que me fez crer que tenha sido ele a dizer que o time do Santos tinha vencido porque jogou contra equipes de menor expressão técnica. Essa, talvez, tenha sido a questão mais grave, porque vejo neste momento, que o expus perante essas duas equipes que foram adversárias do Peixe nas duas rodadas anteriores.

Errei, porque mesmo tendo a sensação que o Valdir estava desprezando a equipe do Santos, deveria ter ponderado o histórico da sua conduta, já que se trata de uma pessoa que até agora só deu bons exemplos no grupo da ‘Bancada da Bola’. Aliás, foi ele quem me incentivou a criar este site, que hoje se tornou sucesso absoluto em nossa comunidade esportiva.

Creio que o Valdir Casagranda, que tem uma postura exemplar dentro do grupo, não terá nenhuma dificuldade de aceitar minhas desculpas, que fiz questão de fazê-la aqui, no mesmo veículo onde registrei a matéria de domingo, para que todos nossos internautas saibam que se houve algum erro nesse episódio, ele deve ser creditado, exclusivamente, a mim, por ter confundido ‘alhos com bugalhos’.

A propósito, a Magda, como toda boa esposa demonstrou preocupação com minha conduta e perguntou o porquê do Peixe embrulhado, na imagem que circulou na mesma matéria. Ali, naquela indagação, começou meu dilema, pois, entendi que minha manifestação tinha repercutido mal até na família do amigo Casagranda.

Respondendo para a Magda: O Peixe embrulhado em jornal significou a sensação de inferioridade do Santos com relação ao Cruzeiro, já que as coisas de menor expressão é que são embrulhadas em jornal. Mais uma besteira de minha parte. Peço desculpas, também, à Magda.



Imagens

Maneira simbólica de pedir desculpas...

Comentários (8)

Enviado por: Paco, em: 10/05/2011 13:33
Machado, pelo que conheço do Valdir, não deve ter passado pela cabeça dele tal coisa, todos sabemos que a cornetagem ali é grande, todos estão ali para azarar os colegas, como não posso estar presente para ver o todo poderoso time do compadre, vou me atualizando pelo site, quanto ao peixe embrulhado no jornal!!!!! entendi outra coisa, paulistão, coringão, campeão...rsrsrsrs...abçs

Enviado por: Paco, em: 10/05/2011 13:35
Para quem conhece o compadre Nelson Hagiki, ele esta voltando do Japão em definitivo, até 15 de junho já deve estar em Campo Grande.

Enviado por: k10, em: 10/05/2011 15:07
Seja bem vindo JAPONÊS PUF PUF, quanto tempo, aparece na arena. Quantos as cornetadas só ha uma saida...proibir entrada de cornetas na portaria, fazia muito tempo que eu não ouvia tanta cornetada. O pessoal ta afinado. Quanto ao VALDIR nós sabemos que as nossas cornetagens não tem objetivo de ofender é tudo na brincadeira.

Enviado por: k10, em: 10/05/2011 15:53
Cornetar e pedir desculpas é um ato nobre, porem errar o nome da esposa do Valdir (MAGDA) é outro motivo...pede desculpa de novo Machado.

Enviado por: Hélio, em: 10/05/2011 15:59
Kerson, já fiz o conserto. Aqui onde trabalho a todo momento cito texto da Carta Magna, daí a razão do erro. Pelo desculpa ao leitor...

Enviado por: Paco, em: 11/05/2011 08:32
Kerson cornetada no Machadinho até pelo site...rsrsrs.

Enviado por: Alziro, em: 12/05/2011 11:11
É o seguinte, Machadinho: A interpetação das matérias cornetíferas, depende muito do humor do próprio leitor, independentemente de ser ou não ele o destinatário da cornetada. Li aquela matéria e não achei nada de ofensivo em seu conteúdo. Ao contrário. Trata-se de uma provocação normal e bem humorada. Quanto às "equipes quebradas", entendi que poderiam estar desfalcadas para as partidas. Nada de pejorativo nisso. Já, quanto ao peixe embrulhado no jornal, concordo com mo Paco. E, como disse o Papa João Paulo II: "Viva il sport!"

Enviado por: kkkkkkkkkkkkkkk, em: 13/05/2011 22:22
gente nao maltratem a lingua portuguesa

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)