Seja bem-vindo, você é o visitante número 1.109.801 do nosso site desde março/2009.

Menu Principal
Início
Apresentação
Notícias
Comentários
Agenda de Jogos
Fotos e Vídeos
Hino
Contato

Campeonatos SINDIJUS
Veterano 2018
Veterano 2017
Veterano 2016
Aberto 2015
Veterano 2015

Minhas convicções sobre a última rodada.


Publicada em: 18/11/2013 14:19
por: Hélio da Rosa Machado

A semana que entra é muito importante para se estabelecer quais os times vão duelar para chegar à grande final do campeonato Aberto deste ano de 2013. Atlético Goianiense e Goiás, ambos com 12 pontos já selaram seu ingresso. Eles só vão entrar em campo para definir quem é mais eficiente, já que garantiram, com antecipação, jogarem pelo empate na semifinal. Entretanto, a ‘briga’ está empolgante pelas duas últimas vagas existentes. Mixto, Cene, Novo Operário e Brasiliense vão entrar em campo com muita determinação. A classificação só dependerá de suas próprias forças.

O Brasiliense tem uma ‘batalha épica’ pela frente. Viu as melhores oportunidades serem ‘jogadas’ fora na última rodada, visto que não conseguiu se encontrar em campo contra um dos adversários diretos. Deixou o Novo Operário sair do ‘buraco’ e, de quebra, criou no elenco concorrente motivação a mais, já que vai para o último confronto só dependendo de si. Já o Brasiliense enfrenta uma ‘parada federal’, pois terá que ‘desbancar’ o ‘bicho-papão’ dessa fase classificatória, mas conta, em tese, com alguns desfalques da equipe vermelha em face de contusão e suspensão automática.

Outrossim, não se pode colocar o Novo Operário como certo na classificação. Vai pegar um time ‘encardido’ na linguagem popular. O Goiás possui o segundo elenco jovem. Contém jogadores de qualidade e que sabem concluir para o gol. Assim, o favoritismo, em tese, é do Goiás pelo histórico até agora. Entretanto, numa partida decisiva como essa tudo pode acontecer, já que o Novo Operário tem os atacantes Flávio e Rafael que já demonstraram que também são goleadores nesta edição do campeonato.

O Cene ‘ressurgiu das cinzas’. A entrada do meia Luan foi o ponto alto da evolução. Trata-se de um jovem de indiscutível talento que deu nova dinâmica no ataque azul marinho. Só que o Cene vai enfrentar o Mixto que também vai pulsar dentro de campo. A equipe do Mixto saiu de campo com uma derrota contra o Atlético Goianiense, mas, por incrível que possa parecer, terminou esse jogo fortalecida. Via-se no semblante de seus jogadores que eles estavam eufóricos com o resultado de l X O contra eles, porque o histórico do jogo não foi definido pelo placar adverso, mas pela dedicação e pelo empenho dentro de campo. Não fosse pelos gols perdidos até poderia ter vencido o jogo.

Vejo o Mixto com um pequeno favoritismo no último jogo da tabela. Sucede que se trata de um time mais incorpado em termos de elenco. O Cene tem o jogador Luan que é difícil de marcar. Entretanto, a equipe azul marinha vai contar com a falta de inspiração no ataque do Mixto. O time não tem feito muitos gols e isso anima o adversário, já que tem sido o veterano Valdir, quando entra, que tem feitos gols decisivos. Evidente que o treinador da equipe azul marinho vai tentar obstruir os chutes de perna esquerda do meia José Rodolfo. Esse jogador é perigoso quando se arma para chutar contra o gol.

Enfim, todos esses ingredientes vão se tornar um espetáculo a mais para a galera que comparecer sábado que vem na arena esportiva do Sindijus. Eu, agora liberto da responsabilidade de articular o esquema tático, vou estar nas arquibancadas fazendo novo serviço, que é o de registrar as melhores jogadas e fotografar os melhores ‘cornetas’. Só espero que o Laerte esteja presente porque ele e o Jaime têm sido destaque nesses lances de arquibancada. 



Imagens

Para este cronista só resta este esporte. kkkkk

Comentários (1)

Enviado por: JCSUCO, em: 20/11/2013 12:55
O MACHADO TO DENTRO DESTA GELADA

Enviar comentário


Nome:
Comentário:
Código de verificação:  
(digite os números que aparecem na imagem ao lado do campo)